Coldplay, Bruno Mars e Beyoncé fazem apresentação memorável no Super Bowl Halftime Show

Beyoncé, Coldplay e Bruno Mars fizeram o halftime show do Super Bowl ser uma das coisas mais lindas dessa semana


Antes de começar a postagem de verdade vamos as devidas explicações: esse blogueiro que vos escreve passou todo o final de semana curtindo uma linda e maravilhosa praia onde não pegava sinal de porra nenhuma, inclusive de internet, o que explica o blog jogados as traças ~ mona, nem Scruff nem Grindr durante quase 5 dias.

Agora falando da show do intervalo do Super Bowl desse ano: que coisa maravilhosa né gente?!
Passamos quase uma semana ouvindo boatos de quem iria se apresentam naquele intervalo, que é um dos mais caros da publicidade mundial ~ os Estados Unidos da América para para ver aquilo.
Finalmente no domingo, 07, toda a expectativa acabou.

Coldplauy com toda a sua positividade no Halftime Show do SuperBowl


Com toda a sua positividade, inofensiva e cheia de cordialidade Chris Martin e o Coldplay trouxeram uma energia mágica ao show, embalados pelos seus hits extremamente radiofônicos. "Yellow" , "Viva la Vida" ~ sempre que ouço essa música me bate uma vontade imensa de rodar e chorar ao mesmo tempo ~  "Paradise" veio sem seguida e foi cantada em coro, já a deliciosa “Adventure of a Lifetime.” precedeu a entrada de Bruno Mars, enquanto Chris Martin incorporava um jeito Bono Vox de ser, pulando e correndo pelo palco.

Bruno Mars colocou todo mundo parta dançar ao som de "Unptown Funk" 


De volta aos gramados do Super Bowl (veja aqui a apresentação dele em 2014) Bruno Mars mostrou a força do mega hit "Uptown Funk "do grande Mark Ronson, que deus as caras por lá também. Batida gostosa e coreografia envolvente foram suficientes para deixar claro que ele é sim um dos grandes performes da atualidade. Com um mashup igualmente gostoso foi a vez dele abrir caminho para a dona do império da música: B.On.C

Beyoncé performou seu novo hit "Formation" no Halftime Show do Super Bowl


Beyoncé (que também já deu seu close no Super Bowl) veio logo em seguida, apresentando seu hit lançado no sábado, 06 ~ isso mesmo guei, a rapariga lançou música e clipe novos de surpresa um dia antes do SuperBowl ~ "Formation". Pisoteando o gramado do estádio com suas dançarinas em formação prontas para a guerra a mãe da Blue veio usando pouca roupa, muito couro e um poder negro que ele mais uma vez usou como elemento para seus singles. Música nova, coreô new e uma força imensa para lançar um hit num dia e no outro performar ele num mega evento esportivo. Me abraça Jay-Z, Beyoncé fez bonito inclusive com mais um mashup usando na transição onde ela e Bruno Mars cantaram juntos.

Beyoncé quase cai durante apresentação no SuperBowl 2016


Beyoncé no palco de um lado, Bruno Mars do outro, um duelo de dança e pow, ela quase cai, mas gente, nem a gravidade derruba essa mulher. De repente os dois se unem a Chris Martin e chega o momento lindo da apresentação. Apresentando o hit "Clocks" eles relembram algumas das principais apresentações do Super Bowl. Esse ano o show do intervalo conseguiu ser extremamente emocionante e envolvente ao juntar três mega nomes da música atual.

Mesmo com a audiência inferior ao do ano passado, que teve Katy Perry se apresentando no halftime aqui foi unânime a conclusão de que entre grandes hits, coisas novas e single chiclete, tivemos um show cheio de emoção.



PLUS

Lady Gaga emocionou a todos com sua apresentação do hino nacional americano no Super Bowl


Antes disso tudo quem também se apresentou no Super Bowl foi Lady Gaga. Cantando o hino norte-americano “The Star-Spangled Banner” a mother monster emocionou a todos. O estádio de Levi’s, em Santa Clara, nos EUA se rendeu a voz potente da gatinha.

Nada de muito close, usando apenas um conjunto vermelho cheio de brilho, Lady Gaga mostrou mais uma vez que precisa apenas de um piano e sua voz para emocionar qualquer um. Ela conseguiu ainda homenagear Whitney Houston que já cantou a mesma música no evento.


Lady Gaga cantando o Hino dos EUA no Super Bowl
Publicado por Fã Depressão em Domingo, 7 de fevereiro de 2016
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.