Empresa chinesa compra o Grindr e promete novidades



Esse babado de que sexo vende é a mais pura verdade, não por um acaso o mercado de app's de pegação tem rendido muito "aqué" por aí. A novidade do business world é que o Grindr vendeu suas participações majoritárias para uma empresa chinesa de jogos.

A Beijing Kunlun World Wide Technology Co. desembolsou cerca de 93 milhões para comprar essas participações valorizando mais ainda o app no mercado. "Nós esperamos que você está desfrutando de nosso aplicativo e sei que você vai se deliciar com os novos recursos e serviços que temos planejado este ano." afirmou Joel Simkhai, fundador e CEO do Grindr em uma publicação em seu blog.

O app de relacionamentos entre homens possui atualmente cerca de dois milhões de usuários diários, e domina o mercado, apesar de estar enfrentando uma forte concorrência para outros aplicativos do babado como SCRUFF, Hornet e Distinc.tt (esse ainda não pegou aqui no Brasil).

A transação feita com a empresa chinesa chama a atenção pelo fato de que o país ainda não reconhece a união entre pessoas do mesmo sexo, mas o fato não impediu a empresa chinesa de ser agora um orgulhoso proprietário da maior coleção de mensagens sexualmente explícitos (para não mencionar imagens) do planeta.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.