10 dicas de como chamar um cara para sair e como se comportar num encontro



Texto original de Dan Renzi para o Site Quuerty
Traduzido e adaptado por Thiago Silva

Em época de casamento civil igualitário, união civil e mais uma série de coisas que permitem para nos gays, sonhar com o "felizes para sempre", já está mais do que na hora de alguns moços aprenderem como é importante um encontro e que passos devem ser seguidos nesse processo.
Para quem está interessado em se envolver num romance é comum tropeçar no início dessa estrada rumo a um casamento, questões como "o que perguntar?", "como perguntar?" ou "quando?" são bem comuns, principalmente no primeiro encontro.

Com tantas definições sobre relacionamentos, debates sobre ser ou não monogâmico, abrir ou não a relação e outros dilemas, pode ser assustador chamar alguém para sair à moda antiga. Mesmo com toda a facilidade de arrumar sexo fácil e rápido, seja na web ou em algum app, ainda há quem prefira um jantar a dois e um cineminha antes de qualquer coisa. Claro que não sabemos o segredo do amor e nem do casamento eterno, mas para quem está querendo seguir esse caminho, cá temos algumas dicas. Mas antes de qualquer coisa, boas maneiras são sempre um bom primeiro passo.

1. Se você quer ir a um encontro com ele, apenas seja educado e chame ele para sair

Bem-vindo ao século 21, quando as mulheres heterossexuais são capacitadas o suficiente para fazer os homens convidarem elas para sair. Isso não significa gays ou héteros devem esperar para ser convidados?! Talvez você é tímido e isso seja um desafio, mas todo mundo tem medo de rejeição. Na verdade é egoísta esperar a primeira atitude de alguém só para não ter que correr o risco de levar um não. Coisas como: "Aqui está o meu número, me liga ou manda uma mensagem se você quiser sair um dia" são tão deprimentes, ou será que o cara não merecia ouvir toda a verdade?! Não seja um covarde.

2. Se você tomar a iniciativa de convidar o cara para sair, tenha um plano do que você quer fazer

Foi sua ideia de convidar ele para sair, então você deve ter algum lugar em vista onde vocês podem ir. Chamar um cara para sair e depois mandar a pergunta: "Então, onde você quer ir?" ou "Quando?" são coisas que você nunca deve fazer. Ele pode nunca ter pensando que você chamaria ele para sair, logo não tem nada em mente e daí você joga para cima do cara a responsabilidade de pensar num lugar para os dois irem?! Se você não pode pensar em algum lugar para ir, lamento dizer mas a primeira impressão será de que você é um cara chato, sem atitude ou criatividade. 

3. Se você mandou aquele convite sem compromisso "Vamos sair qualquer dia desses", e ele concordou, meus parabéns, mas você tem mais três mensagens para finalmente encontrar uma sugestão

Pedir a alguém para se encontrar "qualquer dia desses", mas nunca encontrar tempo para fazê-lo, significa que você está sempre se dedicando a outras atividades que você preferiria fazer do que sair com ele. Então, largue de bancar o lesado e apresse-se e fazer um compromisso de verdade e em cumprir com o que marcou.


4. Se você perguntou a ele e ele recusou, certamente você pode tentar de novo (e você deve, a vida é curta)

Talvez ele não aceitou e isso é realmente chato, mas a vida continua. (Lembre-se, a rejeição é realmente uma coisa boa, porque isso significa que você está acumulando os números necessários para ter experiência e quem sabe encontrar a pessoa certa.).
Talvez o seu primeiro convite foi casual de mais, por isso quem sabe é melhor tentar uma segunda vez com uma sugestão mais específica. Pelo menos você tentou mas se ele quer levar a frente qualquer tipo de conexão em um encontro, como amigos, o que quer que isso signifique veja o lado positivo: uma hora ele pode te ver com outros olhos. Atenção: nunca persiga ninguém e outra coisa, infelizmente há pessoas neste mundo que irão manter o contato com você, ainda que enviando mensagens do tipo "como andam as coisas?" somente porque eles procuram atenção mais do que procuram afeto.

5. Se você convidou para sair, ele disse que sim e você concordou em um dia/noite da semana, sempre tenha um plano definido antes de ir para a cama na noite anterior 

Mesmo que seja uma mensagem rápida do tipo "eu saia do trabalho por volta das  ____, e te mando uma mensagem assim que sair de lá," que é o suficiente para deixar o moço sabendo que você lembrou e está realmente afim, além de respeitar o fato de que ele não pode esperar por você o dia inteiro . E pelo amor da Santa Gaga, lembre-se da regra #2.

6. Se ele te chamou para sair e você quer ir mas naquele dia e horário já tem compromisso, não perca tempo e já ofereça outra data.

Dizer simplesmente que não pode ir porque já tem compromisso é algo terrível e pode colocar qualquer um para baixo. A ideia aqui é sugerir algo imediatamente durante essa conversa. "Estou ocupado na sexta-feira. Mas podemos no sábado, o que você acha?!" Boom! Feito.
Agora se você não tem certeza de sua programação, é claro que você tem o direito de tomar um ou dois dias para voltar e sugerir outra data. O mesmo vale para quando você está convidando. Se o boy disse que está ocupado naquele dia, que tal sugerir automaticamente outro? Tu não tem nada a perder!

7. Pare de mandar mensagens e comentários com emojis de sorriso e elogios vazios, isso não vai te levar a nada

Carrie Fisher sabiamente disse: "Juventude e beleza não são realizações", e ela resume perfeitamente a crise que tomou conta da próxima geração da nossa comunidade. Nos últimos anos, jovens gays (e todos os jovens na comunidade LGBT) sofreram pela falta de um sistema de apoio para orientá-los e ensiná-los a como se tornarem adultos. Para alguns tudo se resume a uma selfie e dezenas de comentários vagos elogiando e bajulando; mas essas mensagens acumuladas em suas caixas de entrada são o combustível para fazer esses adoráveis ​​jovens pensarem que de alguma forma merecem a atenção fornecida  a eles pelas listas de homens que aparentemente pensam que eles são especiais. Esses meninos aprenderam a ver o mundo exterior a partir da perspectiva de suas identidades como objetos sexuais, e quando alguém inocentemente tenta falar com eles como seres humanos adultos reais, é presumivelmente mais uma tentativa cansativa para ter relações sexuais ou eles ficam ofendidos quando percebem que não é. De qualquer forma, ninguém ganha. Salve seus elogios para as pessoas, jovens ou velhos, que você realmente conhece e gosta. Esse tipo de comentário deve ser parte de uma conversa real.

8. Uma conversinha introdutória ao telefone pode dizer muito sobre ele em apenas alguns minutos.

A tecnologia da telefonia celular tem arruinado a experiência de falar ao telefone, com vozes ilegíveis, sinais péssimos e nunca encontrar um momento conveniente para ambas as pessoas falarem. Mensagens de texto sem fim, como "E aí?" e "O que você gosta de fazer para se divertir?" e "O que você está afim?" são perguntas clichês e que não ajudam na hora de conhecer uma pessoa.
Então, falar ao telefone pelo menos uma vez, apenas por alguns minutos, antes de se encontrar pode ser algo legal. Programe um tempo, desligue a TV, saia do Facebook, ligue alguma música de fundo, e converse com ele sobre seu dia. Se você precisar de algo para fazer enquanto você fala, dobre alguma roupa ou algo semelhante sem sentido. Em seguida, diga "Obrigado", faça um plano para ir em um encontro (ou não), depois desligue e siga em frente com sua vida. Tem coisas que uma mensagem de texto ou uma gravação de áudio não podem exprimir, logo, uma ligação apenas não mata ninguém e pode ajudar no processo do primeiro encontro.

9. O envio de uma mensagem de texto na frente de outra pessoa é o mesmo que ter uma conversa secreta 

Imagine que você está em um encontro, alguém vai até seu companheiro, eles sussurram algo entre sí e depois não lhe dizem o que acabaram de falar. Estranho, não é? O envio de mensagens de texto tornou-se uma necessidade social, mas o cara que está se encontrando com você não tem ideia se você estiver enviando uma mensagem de "Esse cara é tão feio e chato" ou  se você está planejando uma fuga, ou talvez ele pode achar que você tem uma nova mensagem no Grindr e que está respondendo e marcando um foda para mais tarde. Mesmo que seja uma mensagem inocente do seu colega de trabalho, será que o cara com quem você está se encontrando não é importante o suficiente para colocar o seu telefone afastado e prestar atenção nele por uma hora? Se o encontro não está sendo bacana é melhor pedir licença e ir embora, as mensagem ao celular além de deselegantes são de extrema falta de educação. Mas lembre-se: se você está sempre a procura de "alguém melhor", nada será bom o suficiente para você.

10. Quem chamou para sair paga a conta

Chamar um cara para um encontro e levar ele para tomar uma xícara de café pode não parecer um grande negócio, mais ainda, pagar para ele pela estúpida xícara de café. Em um mundo perfeito, com dois adultos que ambos têm empregos o óbvio seria cada um pagar por si mesmo o tempo todo. Mas mesmo a mais cara xícara de café não custa mais de R$ 20,00 portanto, mostrar um pouco de brio e agradecer-lhe por ter tempo para conhecê-lo pessoalmente não custa nada, faça isso pagando a conta. E se você convidar o moço para jantar em um restaurante caro, não espere que ele possa pagar a outra metade da conta. Ele pode simplesmente não ser capaz de pagá-lo.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.