Padre é pego usando o Grindr para seduzir menores de idade

Imagem ilustrativa


Você aí pensando que os padres pedófilos usavam apenas seus poderes paroquiais para seduzir os menininhos e coroinhas, mas não, a coisa já tá bem moderna viu mana?! Só lembrando que apesar do tom de brincadeira nesse post, sabemos que o assunto é sério, é crime e somos totalmente contra isso, agora voltando ao assunto do post.

Relatórios da polícia afirmam que um bispo italiano teria ajudando e incentivado um padre pedófilo a usar o aplicativo de relacionamento gay, Grindr, para seduzir adolescentes. O tal bispo, que não teve seu nome revelado, teria alegado que através do app era mais fácil despistar a polícia e não deixar provas.

O padre, Antonello Tropea, 44, foi preso após uma investigação que descobriu sua conta no Grindr e que ela estava sendo usada para atrair garotos menores de idade. Após seduzir os mocinhos, Tropea mantinha relações sexuais com eles, as vezes em seu carro ou em sua casa paroquial, na Calábria, região sul da Itália.

Suspeitas foram levantadas inicialmente quando o padre foi descoberto com um adolescente em seu carro em um local remoto. Na época, Tropea alegou ser professor do menino, mas os relatórios diziam que ele tinha "objetos suspeitos" em sua mochila. O relatório não menciona nada mais sobre esses tais objetos, mas manas, vocês não são bobas.

Uma segunda investigação revelou o papel do bispo nesse processo. De acordo com o jornal La Repubblica, uma investigação de dois meses, descobriu ainda que Tropea teve um relacionamento com um garoto chamado Nicola, o mesmo nome que o santo padroeiro da sua paróquia em Messignadi no sul da Itália, San Nicola di Mira.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.