Estado Islâmico: Gays são jogados do alto de prédios na Síria



Infelizmente migas existe lugar no mundo onde ser gay é bem pior do que aqui no Brasil. Enquanto temos de desviar de fluorescentes, evangélicos e políticos fundamentalistas, na Síria, ser gay é motivo para condenação de morte.

Na cidade de Palmira um homem de 32 anos chamado Hawas Mallad e Mohammed Salameh de 21 anos, foram condenados à morte pelo Estado Islâmico, o motivo da condenação: eles são gays. Em todas as regiões onde o grupo domina, homossexuais são punidos com torturas ou execuções, alguns são jogados de prédios para que morram.

De acordo com o site britânico DailyMail, Hawas Mallad foi questionado se estaria "feliz" com sua pena, mesmo tendo dito que "preferia morrer com um tiro na cabeça", Mallad foi arremessado vivo de um prédio.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.