As Crônicas de Miramar: Livro de ficção com personagem Gay é inspirado em Harry Potter



Via: IGAY

O livro conta a história de cinco adolescentes com habilidades especiais que vão parar em Miramar, lugar onde terão que lutar contra poderes e pessoas desconhecidas enquanto aprendem a lidar com as próprias habilidades e com os conflitos típicos da idade.

Os autores contam que uma das maiores dificuldades em se lançar o livro foi encontrar uma editora: “As editoras brasileiras sequer responderam nossos contatos, não se deram ao trabalho nem de receber o original para análise”, comenta Wemerson.

Flávio não esconde o descontentamento com esta atitude: “Preenchem as prateleiras com genéricos de autores norte-americanos mas não prestam atenção em novos autores locais”, diz. Após conseguirem a verba para a publicação, eles escolheram a Chiado Editora, que atua em Portual e chega ao Brasil. 

Os autores Wemerson Damásio e Flávio St Jayme


Personagem gay

Um dos personagens da história é homossexual assumido que precisa aprender a lidar com o preconceito de outros jovens, além de conviver com seu superpoder.

“O Isaac é um adolescente como qualquer outro, antenado e conectado ao mundo pop, e tem os conflitos próprios da idade. Mas o fato dele ter um superpoder e ser gay o coloca diante de várias questões durante a história.”, diz Wemerson.

“Tratamos do preconceito contra o gay junto com o preconceito contra os poderes. Uma coisa pode andar junto com a outra sem excluí-la. E Isaac acaba sofrendo das duas discriminações, o que torna as coisas um pouco mais difíceis pra ele”, completa Flávio.

O livro “As Crônicas de Miramar: O Segredo do Camafeu de Prata” já está disponível no site da Editora Chiado e nas melhores livrarias do país.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.