Muita mágoa: Sam Smith regrava "Love Is a Losing Game" de Amy Wineouse



Como proceder quando um dos seus cantores favoritos regrava uma das suas músicas prediletas de outro artista que praticamente embalou todas as suas crises e choros do fim da adolescência e começo da juventude? Esse é meu grande dilema depois de descobrir que Sam Smith regravou "Love Is a Losing Game" da Amy Winehouse.

“Eu vi o filme [Amy] recentemente e, às vezes, as pessoas esquecem da minha idade… Eu tinha 11 anos quando ‘Frank’ saiu e aquele álbum realmente me moldou como um artista e e ajudou a formar meus pontos de vista sobre a música”, disse Sam para a rádio BBC1.

O britânico mostrou ontem a noite num programa de rádio da BBC, a versão que deve fazer parte do  relançamento do disco “In The Lonely Hour”, que ganhou título novo. O disco “Drowning Shadows Edition" virá ainda com um cover da Whitney Houston, uma música inédita e novas versões de grandes sucessos do moço, além de alguns featurings.

As duas versões você confere abaixo, mas cuidado, apertar o play é sinônimo de lágrimas (pra mim foi assim).






Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.