Após protestos da comunidade gay, show de Joelma é cancelado


Quem diria que a ex-vocalista da banda Calypso iria sofrer e pagar pelas declarações homofóbicas que deu. Anunciada como principal atração do "Baile dos Artistas" no Clube Português em Recife, Joelma iria fazer seu primeiro show em carreira solo após a saída do grupo que formava com o ex-marido Ximbinha (ele mudou a grafia do nome e colocou um "X"), porém a apresentação agendada para 22 de janeiro, foi cancelada.

Após o anuncio de Joelma como uma das atrações, uma chuva de comentários contra a cantora tomou conta das redes sociais. O "Baile dos Artistas" é uma festa gay e não demorou para os discursos homofóbicos da cantora serem lembrados nos comentários e o público pedir o cancelamento da apresentação de Joelma. 

De acordo com fontes ligadas a produção do baile, a organização do evento acabou desconvidando a cantora,  mas oficialmente eles alegam que tiveram problemas com a data e com o cachê. Joelma foi substituída pela banda "Terra Samba".

Thábata Mendes, nova vocalista da Calypso e Ximbinha, durante coletiva

PLUS

A Banda Calypso continua em plena atividade e agora com a nova vocalista Thábata Mendes, que pelo visto, ao contrário de Joelma, já ganhou o coração da comunidade LGBTXYZ.

Em publicações no Facebook, Thabatá teria sido comparada com um travesti, de acordo com uma usuária que publicou o seguinte numa foto da vocalista: “Parece uma travesti”.

A resposta de Thábata veio rápido e a altura, num formato de um leque imenso sendo aberto na cara da mocinha transfóbica. “Não vejo problema algum em parecer uma travesti. São seres humanos como eu e fico extremamente honrada se, de alguma forma, eu puder representá-las. Respeitar as pessoas é fundamental! Que Deus te ilumine”, publicou a cantora.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.