O show de horrores de Angela Ro Ro



A cantora Angela Ro Ro voltou aos holofotes e virou notícia nos principais sites de todo o país, e dessa vez o motivo não foi seu trabalho ou seu talento. Convidada para se apresentar na abertura do 9° FOR RAINBOW - "Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual", na última quinta, 01, a cantora abandonou o palco após ser vaiada pelo público. Angela teria sido hostil com o público, chegando a agredir, jogar água e chamar a plateia de "bandidinhos".

Angela teria se incomodado com algumas pessoas que fumavam nas proximidades do palco e que mesmo após o pedido da cantora continuaram fumando, foi então que Angela teria dado um chute em um rapaz sentado na ponta do palco. A partir daí começou a confusão, a cantora foi vaiada, jogou água num técnico de som e interrompeu o show, mas logo seguida Angela retornou ao palco para tentar finalizar o show, porém sem sucesso.

Vários comentários negativos explodiram nas redes sociais, enquanto Angela disse ter sido vítima e agredida durante o evento. Separamos aqui um deles:



Pouco tempo após a confusão, a cantora desabafou em seu perfil oficial no Facebook. Porém a publicação só complicou a situação. No post ela diz que "é bom ser carioca e mulher original de fábrica", o que foi interpretado por muito como uma mensagem de ofensa aos cearenses e as travestis e transexuais. 

A organização do FOR RAINBOW também comentou o fato e publicou uma nota onde disse repudiar "com veemência todas as declarações ditas ao público pela cantora Angela Ro Ro". Eles pediram desculpas a todas as pessoas que se sentiram ofendidas ou agredidas pelas declarações da cantora durante o show.

Clique aqui para conferir na íntegra a note publicada pelo FOR RAINBOW.



Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.