Dança das cadeiras: Projetos “Gandaia” e “Superafim” deixam a Music Box e estréiam em casa nova

Foto: Light Panic

Já consagrados na boate Music Box, os projetos “Gandaia” e “Superafim” deixam a “caixinha” e agora estão de casa nova. A partir do dia 6 de novembro, os projetos tem uma nova sede, a boate “7Live”, situada no Dragão do Mar (entre o Órbita Bar e o Complexo Armazém), a expectativa é que as sextas sejam dedicas ao público dos dois projetos.

A mudança é devido uma questão de estrutura: “Nossa saída da BOX se deve mais a vontade de fazer coisas novas, tentar fazer funcionar toda sexta e a necessidade de um local equipado para shows. Adoramos a Box, apenas o estilo que a gente seguia não estava encaixando tanto no local”, afirma Victor Wesley, promoter.

Situado na região do Dragão do Mar, A "7Live" é a nova casa das festas "Superafim" e "Gandaia"


Vem coisa nova por aí:

Além da festa “Gandaia”, voltada para shows ao vivo de covers de bandas de rock e da “Superafim” dedica ao pop, novos projetos estão por vir. “Gandaia e Superafim ganharão projetos irmãos, um de música brasileira, um de música indie e outro de hiphop/trap. Esse último em parceria com um selo de hiphop/trap de Salvador”, finaliza.






Vai ter festa:

Atenção moços emos, góticos, vampiros e rockeiros, lembrando que sexta-feira, 6 de novembro, a 7Live já realiza a “Rock In Gandaia 5”. Essa edição terá como atrações principais as bandas “Sollitude” cover do “Evanescence”, “Evernight”, cover de “Nightwish” e “Verge Of Infinity”, cover do Epica.

Os ingressos custam R$ 20 (com nome na lista) o antecipado R$30 (entra 2 pessoas + acesso ao Camarote (https://goo.gl/oAQi5E)”, sem lista o valor é de R$ 30. Mais informações no link do evento do Facebook: http://ow.ly/TVx3i

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.