Não consegui manter a ereção e brochei, e agora?; sexóloga dá dicas



Via: A CAPA

Embora seja algo absolutamente normal e que provavelmente todo homem passou ou vai passar, brochar ou perder a ereção na cama é uma das situações mais desesperadoras para muita gente. E a dúvida sobre o que fazer nestes casos ganhou as páginas do livro "Meu Amigo Quer Saber... Tudo Sobre Sexo", da sexóloga Laura Muller.

"Isso (brochar) pode ocorrer com qualquer pessoa, em qualquer momento da vida. Se for uma vez ou outra, não precisa se preocupar. Falhar de vez em quando é natural", explica ela.

Dentre os possíveis motivos, estão o nervosismo, a tensão, o estresse e a ansiedade. "O seu corpo acaba liberando uma grande dose de adrenalina no sangue e isso faz com que o pênis amoleça. Quanto mais você fica assim, mais difícil é conseguir ter ou manter a ereção", diz ela, que pede para que o casal não fique encontrando culpados. Afinal, brochar não significa que a pessoa deixou de sentir tesão pelo outro. 



Ela dá dicas: "Procure relaxar. Deixe as preocupações de lado e viva o prazer de forma mais tranquila. Você verá que a ereção, dessa forma, vai se manter até a hora do orgasmo e da ejaculação".

Ao comentar sobre o uso de remédios para ter ereção, Laura questiona a real intenção do uso. "Essa história de querer experimentar só de farra ou para turbinar o sexo, é uma grande bobagem. Se o homem não tem problema de ereção, há maneira muito mais interessantes e prazerosas de turbinar a transa do que um medicamento".

Novamente, Laura sugere algumas dicas: "São várias. Vai de escolher lugares diferentes para estar a dois, incluir carícias novas, fazer uma massagem relaxante, experimentar novos jeitos de beijar... Ou seja, usar a criatividade é muito mais saudável do que tomar remédios sem criatividade".



Caso a falha na hora H seja algo de fato constante, Laura aconselha procurar um urologista e um psicólogo. "O médico para avaliar as questões físicas, o psicólogo para lidar com as questões emocionai. Se você está estressado e cheio de preocupações, isso pode deixa-lo ansioso a ponto de perder a ereção. Para sair dessa, há várias alternativas, que vão desde parar um pouquinho para pensar, olhar para dentro de si e ver que a história não é tão ruim quanto parece, até buscar ajudar de especialistas".
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.