Dançarino gay afirma que foi vítima de homofobia e agredido por Chimbinha




A novela "A lua me traiu" está dando o que falar. A cada dia um novo episódio chega nos sites e portais de fofoca. Dessa vez um ex-dançarino da "Banda Calypso" entrou na jogada e revelou em entrevista a jornalista do R7 Fabíola Reipert, que já foi agredido e vítima de homofobia por parte de Chimbinha.

O dançarino Leicy Sposito afirma que foi agredido várias vezes pelo ex-marido de Joelma, o que o motivou a sair da banca: "Dancei por muitos anos com o Calypso. Entre idas e vindas foram quase seis anos. Tive muitos problemas com o Chimbinha. Ele me agrediu em uma viagem que a gente fez para a África. Aconteceu uma discussão na cozinha e por causa do tempero de uma comida que ele não era a favor e que eu coloquei no arroz, ele me agrediu. Me deu um soco no peito de mão fechada".

A separação de Joelma e Chimbinha tem sido um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas, e boatos apontaram até o fim do grupo. Leicy afirmou ainda que chegou a processar a banda, mas devido sua boa relação com Joelma, preferiu não tornar o caso público: "O Chimbinha é uma pessoa muito preconceituosa, ele já falou coisas absurdas na minha cara pela minha opção sexual (sic), me chamando de viado, de gay. Ele me agrediu, eu retirei a queixa, perdoei, voltei para o Calypso. Aí depois ele tentou me agredir de novo e eu continuei com o processo".

Agora só me resta sentar e esperar mais um episódio desse folhetim, que inclusive já tomou ares bem estranhos. ESTAMOS DE OLHO!
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.