Christian Grey da vida real' é condenado a 14 anos de prisão




Alexander Boettcher investe pesado na aparência, é adepto da malhação, tem muito dinheiro, possui um ego superinflado e gosta do jogo da dominação sexual. Qualquer semelhança com o personagem Christian Grey, do livro "50 tons de cinza" não é mera coincidência. 

O italiano de 30 anos se casou com a modelo croata Gorana Bulog, mas a fidelidade passou longe da união. 

Alguns anos atrás, Alexander conheceu Martina Levato, estudante de 20 anos, em um bar latino na Itália. A atração foi devastadora. A partir desse momento, Martina se tornou escrava de Alexander, como uma Anastasia Steele, personagem submissa a Christian Grey no romance erótico famoso.

O controle que Alexander tinha sobre Martina era tanto que ele chegou a fazer uma marca no rosto dela com um bisturi, para demonstrar ser o dono da jovem. Ele cravou em uma das bochechas a inicial do seu nome como prova de "eterna devoção". 

Na cama, ele a obrigava - e a outras amantes - a chamá-lo de Rei. Como Grey, Alexander tinha na mansão onde morava, um quarto com vários apetrechos sadomasoquistas.

A relação entre Alexander e Martina estava repleta de trios sexuais. As escolhidas do playboy, que trabalhava no mercado financeiro, também se submetiam a todos os caprichos dele. Uma das mulheres disse, segundo o "Daily Mail", que tinha que pedir autorização para poder tocar no "mestre" italiano. 

A relação chegou ao fim depois que Alexander exigiu que Martina jogasse ácido no rosto dos seus amantes anteriores a fim de "purificá-la".

Uma das vítimas foi Pietro Barbini, namorado de Martina quando os dois ainda eram adolescentes. O rosto de Pietro foi atingido com ácido clorídrico. Ele precisou reconstruir pálpebras e nariz em várias cirurgias. 

Pietro tentou convencer Martina a abandonar Alexander, mas acabou indo parar na lista de homens que ela deveria atacar, de acordo com o seu "amo". Outros homens foram alvo da "escrava" do italiano só por causa de um beijo na boca. 

Alexander e Martina foram presos e condenados, cada um, a 14 anos de prisão. Segundo o "Daily Mail", eles não apresentam qualquer sinal de remorso. 

O juiz que cuidou do caso disse que o casal de amantes "é mais perigoso do que qualquer mafioso ou qualquer terrorista".

Em tribunal, Alexander chegou a dizer que a amante estava agindo sem o conhecimento dele e que só estava sendo alvo da Justiça por ser rico.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.