Livro relata dramas e experiências sexuais de gays que vivem no armário



Macéio - AL é o cenário onde se passa a trama de "Às Horas Abertas", nele o jornalista e escritor maceioense Fernando Nunes conta a história de diversos homossexuais e sua experiências sexuais, misturando relatos verdadeiros com doses de ficção.
No livro, o médico maceioense Alexandre Duarte resolve criar um grupo de ajuda para orientar homens que têm problemas em deixar o armário e levar uma vida abertamente gay, recebendo em sua casa grupos que relatam suas experiências sexuais e de descoberta nos locais de pegação gay de Maceió, como o Castelo de Grayskull e o Muro de Berlim, entre outros lugares.

Fernando Nunes, autor do livro.
Foto: Ana Paula Guimarães
“Eu quis contar a história de um médico que, a partir de uma experiência pessoal, aconselha e ensina esses homens a buscarem um novo estilo de vida”, revela o autor. “Tudo isso, enquanto tenta lidar com a doença de seu companheiro, um ex-paciente, maníaco depressivo, que esconde os dramas de um passado traumático em um pequeno povoado da Zona da Mata de Alagoas. É uma jornada que vai de Saturno à Pindoba, com uma passadinha pelo Portugal Ramalho”, afirma Fernando.

"Às Horas Abertas" patina em dois universos diferente da literatura, já que ao mesmo tempo que expõe os dramas e medos dos homens que vivem no armário, adotando um papel social, o livro assume o perfil de "uma obra de ficção homoerótica" ao narrar os episódios sexuais de seus personagens. "O sexo sem compromisso que alguns teimam em classificar como promiscuidade, é algo simples e até rotineiro", conclui o autor. 

A pré-venda da obra está sendo feita pela plataforma Catarse, quem apoiar o projeto, adquirindo um dos exemplares, receberá uma cópia autografado e um relato com capítulos comentados, além de detalhes de como se desenrolou a história. Esses primeiros leitores terão seus nomes compilados em uma lista de agradecimento, nas redes sociais onde o livro está presente. A previsão é que o romance chegue às livrarias até dezembro deste ano.

Capa do livro / Divulgação
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.