Fotógrafo Ewan Phelan registra intimidade de casais LGBT em seus quartos


Via: A CAPA

Fotografia boudoir - termo em francês - trata-se de ensaios sensuais com romantismo e sem a necessidade do nu. E é assim que poderia ser definida a obra do fotógrafo Ewan Phelan e da esposa Brianna Phelan, sobre casais LGBT.

Os artistas, que também atuam como educadores, registram fotos de momentos marcantes de pessoas LGBT com a finalidade de mostrar que a intimidade e a sexualidade não são motivos de vergonha. Afinal, somos seres sexuais.

São imagens com apelo da sensualidade, mas que traz como pano de fundo a sensibilidade da experiência. Em entrevista ao The Huffington Post, os fotógrafos dizem que não são "apenas fotos bonitas", "são uma extensão dos indivíduos retratados e de mim mesmo".

"Eu quero que essas pessoas vejam que não estão sozinhas e que aquelas que tentam envergonhar quem expressa a sua sexualidade". O objetivo é provocar alguma reação nos expectadores, sejam elas boas ou ruins.







Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.