Vizinhos pedem que mulher deixe seu jardim menos 'gay'


Via: Parou Tudo

Uma moradora da cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, recebeu um bilhete insólito que mostra a intolerância e a discriminação de seus vizinhos: deixar o seu jardim menos “gay”.

O bilhete deixado na porta de Julie Baker dizia: “Cara residente, o seu jardim está a tornar-se implacavelmente gay. Eu e os outros vizinhos pedimos-lhe que o deixe menos colorido. Este é um bairro cristão e há crianças na zona. Se continuar assim serei obrigado a chamar a polícia. A sua bondade precisa de ter respeito por DEUS”.

O “problema” é porque Julie tem vários recipientes de vidro no jardim nas cores do arco-íris, que lembram os LGBT. Dentro de cada recipiente está uma letra. No total, as letras formam as palavras ‘Amor’ e ‘Família’.

Revoltada com o bilhete anônimo, Julie publicou-o em seu Facebook e pediu ajudar para tornar o seu jardim ainda maior e mais colorido.

“Sou viúva e mãe de quatro filhos. Não vou ceder ao ódio. Vou combatê-lo com extravagância e beleza, gargalhadas e amor”, disse a moradora ao jornal “Mirror”.

Depois de a história se ter tornado pública, Julie já conseguiu angariar cerca de 11 mil euros.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.