Em pregação televisionada, pastor chama fiel gay para ser “curado”


Via: ParouTudo

O pastor Agenor Duque ganhou o noticiário nacional após chamar um fiel gay para ser “curado” em um culto realizado na igreja Plenitude do Trono de Deus, em São Paulo. O culto estava sendo transmitido ao vivo e em determinado momento,o pastor passou a falar com um rapaz, um fiel da igreja postado à beira do palco. “Você quer se curar?”, perguntou ao microfone. “O que você tem? Que doença? Homossexualidade?”.

“E você tem um namorado?”, continuou Duque ao microfone, falando com o rapaz para toda a congregação ouvir. O rapaz confirmou, cercado de outros fiéis e aparentando algum constrangimento . “Então sobe aqui!”, decretou Duque. Minutos depois, o rapaz já estava no palco, ao lado de outros fiéis com as mais diversas doenças físicas. Ele possuía uma especie de toalha vermelha na cabeça, assim como os outros “doentes”. Então o pastor iniciou suas tradicionais imprecações de cura em nome de Deus e afirmou que ele estava “curado”.

Como pregador, Duque se considera um “ungido” e com poderes divinos. Verborrágico, espalhafatoso e ex-ministro da Igreja Mundial, de Valdemiro Santiago, deixou a denominação por volta de 2005 e fundou sua igreja no ano seguinte, depois de ter uma suposta visão e ouvir “um chamado” de Deus”. Ele se auto-intitula “apóstolo”, nomeou sua mulher, Ingrid, como bispa.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.