Editora lança romance gay para adolescentes, conheça "One Man Guy"



Às vésperas do Dia dos Namorados, a editora Leya lança um livro diferente para a data: o romance gay voltado para o público de 12 a 18 anos One Man Guy, que conta a história de Alek, um menino de família tradicional armênia, e Ethan, o garoto descolado da escola. A descoberta do amor entre os dois acontece da forma que sempre deveria ser: natural, despreocupada e prazerosa.

Quando os Khederian resolviam comer fora de casa (coisa que um bom armênio raramente faz), ainda mais no restaurante preferido de Alek, era certeza de que queriam agradar o filho para dar uma notícia desagradável. Naquele jantar o caçula da família descobriu que além de não poder participar da viagem de férias, ainda teria que frequentar o curso de verão do colégio para aumentar suas chances de ingressar na turma especial no ano seguinte. O que ele não esperava era que sua vida iria mudar dali para frente.

One Man Guy é, acima de tudo, uma história de amor sincero e engraçado, que fala sobre família e auto-descoberta. Ethan era tudo que Alek queria ser: confiante, alto astral e irreverente. Quando duas pessoas diferentes se encontram, elas influenciam uma a outra para melhor. É isso que ocorre quando o casal protagonista resolve dar uma chance ao amor.

O livro mostra a descoberta de Alek de forma natural, sem neuras: apenas um garoto de 14 anos que pela primeira vez experimenta uma relação homossexual e encontra, finalmente, um propósito real para desabrochar sua sexualidade. As preocupações da família do menino não passam pelo fato dele ser gay, mas sim pela influência que seus amigos causam em seu desempenho nos estudos e no culto às tradições armênias.

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.