Corre que tem clipe novo da Taylor Swift e da Nicki Minaj feat. Beyoncé

Olá gayzinhos!
Esse post delicioso vai reunir os dois clipes lançados nos últimos dias e que merecem todo o nosso respeito e consideração.
Começando pela Taylor Sem Sal Swift que lançou ontem, 17, durante o Billboard Music Awards o clipe de "Bad Blood", que tem a direção de Joseph Kahn (o mesmo de "Black Space"). 

Encarnando a espiã traída pela melhor amiga, que é interpretada apenas por Selena Gomez, Taylor conseguiu juntar zilhões de referências em um único vídeo, desde outros clipes como "Womanizer" e "Toxic" da Britney, além de "Unconditionally" da Katy Perry.


Por falar da Perry, as fofocas dizem que essa música inclusive é inspirada na amizade das duas, que na verdade já nem são tão amigas assim, já que a moça de "Black Horse" teria tentado atrapalhar a turnê de Swift [eita bucetada].

Taylor fechou ainda com a cara de muita gente convocando outro punhados de novas amigas para o vídeo, e são elas: topmodels Lily Aldridge, Gigi Hadid, Martha Hunt, Cara Delevigne, Cindy Crawford e Karlie Kloss, as cantoras Zendaya, Hayley Williams e Ellie Goulding, e as atrizes Hailee Steinfeld, Lena Dunham, Serayah McNeill, Jessica Alba, Ellen Pompeo e Mariska Hargitay. 

Vou até parar de digitar e vou deixar vocês assistirem logo essa delícia:


E o segundo clipe foi lançado agora a pouco e reúne as rainhas Nicki Minaj e Beyoncé, deusa monstra da música e esposa do Jay.Z [apenas]. "Feeling Myself" é o quinto single de Nicki, que dessa vez chamou B.On.C pra reforçar o babado.


Nada de enredo ou grandes histórias, no vídeos as duas são só zueira, rebolando, dando muito close de Patrícia, comendo hambúrguer e rebolando a bunda até esfregar o priquito no chão. Porém nada de youtube, o vídeo foi disponibilizado apenas para os usuários do Tidal, mas claro que a mãe internet já jogou esse babado pra gente.

Pega o short de lycra, enterra no cooh, liga pra uma amiga e vem performar isso na calçada:


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.