Respeite o amor e a felicidade dos outros



Durante todo o último final de semana fui bombardeado pela imagem acima sendo repostada no twitter, publicada ou compartilhada por alguém no Facebook ou sendo o assunto em algum grupo no whatsapp.
A foto originalmente publicada pelo página BV Patrol Facebook na manhã de sábado, mostra o diretor criativo tailandês Naparuj Mond Kaendi e seu namorado alemão Thorsten Mid de mãos dadas a bordo do metro Sky Train Bangkok na Tailândia.

A publicação original tem ainda uma legenda de apoio, com os dizeres “Apoiá-los. Pessoas amargas não são bem-vindas”, como que prevendo o tragédia que estava por vir, e acreditem, ela veio. Entre elogios, comentários fofos e de apoio ao casal uma lama de ódio e racismo também foi derramada. Gays, assim como os personagens da imagem, que não aceitavam o fato de Naparuj namorar um homem branco, europeu, barbudo e dentro dos "padrões de beleza", sendo ele totalmente fora desse esterótipo. 

Então pequenos gayzinhos meus leitores chegou a hora da gente conversar sobre isso. Primeiro vamos jogar fora essa coisa chamada "padrão de beleza", afinal de contas, ISSO NÃO DEVERIA EXISTIR. Parem de ver problema em um asiático namorar um homem branco, sarado, barbudo ou coisa do tipo, além de preconceituoso e racista você está sendo elitista, e ainda conseguiu se tornar uma grande contradição ok?! Um gay carregando e cuspindo tanto preconceito não faz sentido.

E não, Naparuj não é feio, feia é essa imbecilidade de achar que há um padrão para algo, esquecendo a pluralidade do mundo, suas raças, cores, e costumes, em tudo isso há beleza e ela não tem nada a ver com rosto. Qual o problema de alguém branco e com biótipo europeu namorar ou se relacionar com alguém fora desse contexto? Aceita gay!  O pretexto de que "eles não combinam" também não vale bee, o que não combina é você, gay, bicha, viado, e acima de tudo ser humano, sendo tão desumano com os outros.

Quando um negro surge de mãos dadas com um europeu, nem pense que foi "macumba" ou "magia negra", na verdade ele provavelmente deve fazer sexo mais gostoso do que a maioria dos seres que insistem em julgar a vida alheia ao invés de cuidar da sua linda e frustrada vida, ou quem sabe deveriam trepar mais, afinal de contas, sexo é vida, fica a dica.



Deixa eu explicar uma coisa aqui: você tem o direito de achar o que quiser, pode até pensar que eu sou um blogayro burro, iludido e utópico por escrever esse tipo de coisa, o problema é quando você verbaliza e exterioriza toda a merda que possa surgir em sua cabeça e caso esse cocô acabe ofendendo ou inferiorizando alguém, meus parabéns, você acabou de cometer um erro.

Sobre Naparuj e Thorsten, eles continuam indo muito bem, namoram a dois anos e a sua opinião maldosa não vai mudar isso em nada. O moço até comentou sobre o episódio em sua conta no instagram:

“#OBRIGADO a todos vocês pelo apoio e toda a positividade. Para ser honesto, eu não estava tão surpreso quando as pessoas aleatórias mostraram as nossas fotos e os comentários sobre nós  . Aconteceu antes, algumas vezes no  ano passado e todos os comentários maldosos não trouxeram  nada , mas preocupação e lágrimas. Este ano , por outro lado , Thorsten e eu , inesperadamente , somos tão gratos pela tempestade do vosso enorme apoio . Nós nunca quisemos tentar estar sob os holofotes e tudo … Mas agradecemos  a vocês de qualquer maneira “

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.