Papa Francisco pede para almoçar com prisioneiros gays, transexuais e portadores de HIV



Via: PHEENO

No último sábado (21/03), o Papa Francisco pediu para almoçar com 90 prisioneiros de uma cadeia próxima a Nápoles, na Itália, entre eles gays, transsexuais e portadores de HIV. Segundo reportou o canal Tv2000, operado por bispos italianos, o encontro não estava no cronograma Francisco, que fez esse pedido especial e abriu espaço na agenda.

Um grupo de 90 presos foram determinados por sorteio dentre 1.900 detentos de três penitenciárias. Segundo Anna Maria Esposito, chefe do ministério da prisão, o Papa faz questão de conversar com cada um dos 90 presos. Francisco tem aberto um diálogo maior da igreja com os LGBT. Vale lembrar que recentemente ele recebeu um homem trans no Vaticano e disse que a Igreja o aceitava como ele é, porém, o atual chefe de estado do Vaticano teria escrito em livro que pessoas trans são como armas nucleares.

Não é a primeira vez que o papa faz esse tipo de pedido. A atitude é semelhante àquela que ele tomou semanas depois de ser escolhido papa, onde o argentino lavou os pés de muçulmanos e mulheres encarcerados. Na última sexta-feira (20/03), ele também teria retirado o posicionamento da Igreja Católica contra a pena de morte. Nas palavras de Francisco, a execução é “inadmissível, independentemente de quão grave for o crime”.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.