Campanha #PoderiaTerSidoEu chama a atenção ao mostrar que todos podemos ser vítimas da homofobia



Segundo o relatório 2013/2014  de Assassinatos de Homossexuais no Brasil, elaborado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), a cada 28 horas um gay é morto no país. Apesar do índice alarmante, nossos políticos insistem em negar a criminalização da homofobia engavetando projetos de lei como o PLC/122.

Hoje, 09 de março, mais um crime chocou o país, o caso do adolescente Peterson Ricardo, 14 anos, agredido por colegas da escola. Segundo o pai do garoto, Márcio Nogueira,  as agressões que teriam ocasionado a morte do menino, foram motivadas por homofobia, já que Peterson é criado por um casal de gays.

Precisamos chamar a atenção dos políticos, da sociedade e mostrar que as vítimas da homofobia já não são mais os gays ou as lésbicas, esse ódio transbordou e vem fazendo novas vítimas como Peterson. É hora de perceber que o próximo crime homofóbico no Brasil pode ter como vítima eu, você, seus irmão, seu filho, seu primo, seu neto ou se amigo, assim nasce a campanha #PoderiaTerSidoEu.

COMO PARTICIPAR

A campanha consiste em criar uma noticia onde você é a vítima de homofobia, onde você poderia ter sido o próximo jovem assassinado no Brasil pelo ódio muitas vezes alimentado por discursos vindo de religiosos fundamentalistas e políticos desalmados.

Para participar da campanha basta clicar aqui e criar a sua própria notícia e em seguida compartilhar ela nas redes sociais. Lembrando que é preciso usar a hastag da campanha #PoderiaTerSidoEu e postar o link a seguir ( http://migre.me/oXpEC ) para que as pessoas entendam e participem
Quanto maior o número de participações maior a mobilização e o número de pessoas que iremos chamar a atenção.

Precisamos que a justiça olhe para essa série de crimes e perceba que existe homofobia no Brasil, que ela mata pessoas e precisa ser punida. 
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.