5 Coisas que você precisa saber sobre seu ânus



É bastante óbvio que homens gays têm um cuidado e uma curiosidade maior sobre assuntos relacionados ao sexo anal. Existem coisas importantes sobre a sua (segunda) parte favorita do corpo que você precisa saber.

A equipe do site gringo Queerty falou com o médico especialista Elie Schochet, MD, de Ft Lauderdale, que se tornou um popular expert sobre a saúde anal. Seus eventos sobre o assunto estão sempre cheios de homens gays.

"Eu sou um homem heterossexual que diz aos gays como usar a sua bunda direito", disse-nos. "Tem sido uma verdadeira educação em ambos os lados. Mas alguns médicos se consideram demasiadamente importantes para não falar sobre isso abertamente. "O bom médico definitivamente não tem vergonha do ânus.



1. Respeite seu esfíncter!

A dor é um sinal do nosso corpo de que algo está errado. Sim, o sexo anal pode machucar se você não aprender a relaxar, mas a verdadeira dor nunca deve ser ignorado, não importa o quão insistente o ativo poderia ser. Seu ânus deve durar uma vida inteira e lesões podem significar uma vida de problemas.

Só porque você está assistindo a um filme pornô com um cara empurrando a mobília da sala de jantar na sua máquina de fazer dinheiro não significa que você deve ter a mesma destreza. Não deixe que seus olhos fiquem maiores do que o seu terceiro olho.

Se o seu cooh engole um objeto estranho, procure ajuda médica caso ela não saia facilmente. (Curiosidade:. O objeto mais interessante que Dr. Schochet já removeu de alguém, foi um boneco do Buzz Lightyear: "Em defesa do proprietário, as asas não foram abertas", disse o médico.)

"Não tente removê-lo a si mesmo", adverte Dr. Schochet. "Eu digo aos meus pacientes gays que eu posso fazer um atendimento na casa deles, caso seja necessário. Independentemente disso, uma viagem embaraçoso para a emergência do hospital é melhor do que fazer você mesmo danos permanentes ao seu ânus.

2. Nem todo mundo é construído para ser profundo.

Somos todos diferentes, e que inclui o modo como o nosso interior são constituídos. "Todo mundo vive com um nível diferente de tônus ​​muscular do esfíncter", disse Dr. Schochet. "Haverá alguns que não importa o quão dispostos (ou quão bêbado) estão, eles nunca serão capazes de acomodar até mesmo pequenos objetos sem desconforto." Se você tem dor constante ao ser penetrado e você sabe que o problema não é psicológico, seus dias na cama de baixo pode ser maiores.

"Se você não tem certeza, tente usar tamanhos crescentes de dildos para ver se é apenas uma questão de alongamento", sugere Dr. Schochet. "Você não malha com 50kg nos halteres antes de levantar 25kg, então não tente o salame antes da salsicha." Se você ainda não tiver certeza, consulte um médico sobre o que está acontecendo com o seu "canal do amor" antes de danificar algo .


3. A fibra é seu amigo.

Esta dica não é apenas para as pessoas idosas que necessitam de uma ajuda para ir ao banheiro. Fibra mantém o seu aparelho digestivo livre de detritos que podem causar infecções ou pior. E os benefícios para os passivos que gostam de dar espontaneamente [sem a necessidade constante de fazer a chuca]  são bastante óbvias.

Para ratos de academia que amam agachamentos e têm as hemorroidas, a fibra também pode ajudar a manter as hemorroidas no lugar. "Frutas e vegetais são bons, mas aveia e grãos integrais são melhores", disse o Dr. Schochet .

4. Os homens gays têm um risco perigoso de câncer anal e não está ficando melhor.

As taxas de câncer anal entre homens gays são mais elevados do que o câncer do colo do útero em todas as mulheres antes da introdução do teste de Papanicolaou. Se você está vivendo com o HIV, o risco de câncer anal é mais de 100 vezes maior que a média.

"Meu hospital está no meio de uma cidade muito gay e temos casos de câncer anal 400% a mais do que a média nacional", disse Dr. Schochet. "Por que ninguém fala sobre isso?"

Um pouco de sangue nas fezes de vez em quando é normal, e então começa uma coceira, erupções na pele, ou um galo no lugar. Vá em frente e tente remédios caseiros mas procure ajuda se ele não melhorar. "Os cânceres não começar como grandes pedaços", diz Dr. Schochet. "Eles começam como uma pequena protuberância ou inchaço que fica ignorado ao longo do tempo."

O culpado é geralmente vírus do papiloma humano (HPV), o tipo mais comum de doença sexualmente transmissível. A maioria de nós somos susceptíveis de sermos portadores de vários deles e nunca vimos sintomas. É por isso que a detecção precoce é importante. 



5. Os homens precisam fazer o exame de Papanicolau.

O exame Papanicolau anal é uma obrigação para os homens gays com mais de 50 anos, e 40 anos se você é HIV positivo. Esse exame não deve ser confundido com um exame anal básico. Exames de Papanicolau pode detectar células cancerosas que são invisíveis a olho nu ou toque, e encontrá-los precocemente pode significar a diferença entre desenvolver câncer ou não.

Fazer uma colonoscopia não vai sujar a sua reputação. Você bebe um coquetel especial na noite anterior, caga tudo que tiver de ser cagado, e depois desfruta de uma bela soneca enquanto os médicos fazem um tour profundo dentro de você. Depois disso você acorda e está tudo muito bem.

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.