Homofóbico preso por perseguir e matar homossexual se casará com outro homem na prisão



Via: Pheeno

Olha que história impressionante! Dois assassinos condenados vão se casar no final deste mês, no que parece ser o primeiro casamento homossexual do Reino Unido atrás das grades. Um foi condenado a prisão perpétua em 2007 por espancar um homem homossexual, outro foi preso por estrangular um amante masculino. Os dois serão unidos matrimonialmente por um registrador local em uma sala especial na cadeia.

Declarado “psicopata” pelas autoridades britânicas, Mikhail Ivan Gallatinov, de 40 anos, vai se casar no final deste mês com Marc Goodwin, 31, assassino de um homossexual, na Sutton Penitenciária em Yorkshire. Marc foi com outros dois comparsas a um ponto de encontro muito frequentado por homossexuais. O tribunal ouviu que eles deliberadamente partiram para atacar os que lá estavam. Segundo a justiça, Marc desempenhou o papel principal no assassinato. Já Ivan, foi preso em 1997 por estrangular Adrian Kaminsky, 28. Ele confessou a um policial disfarçado que queria cometer um assassinato e fotografar a vítima antes e depois do crime.

Um aviso do casamento foi postado no cartório da cidade vizinha de Beverley. Chefes de justiça dizem que o casal não poderão dividir uma cela depois da cerimônia. “Isto não acarretará nenhum custo para o contribuinte e não há nenhuma possibilidade de que eles dividam uma cela. Tudo será custeado por eles próprios”, afirmou o Ministério da Justiça local, em comunicado. “Os prisioneiros têm o direito sob a nova lei de matrimônio entre pessoas do mesmo sexo e a se casarão na prisão”, completa o comunicado.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.