Pastor Darckson Lira morto a facadas em Fortaleza teria caso com um dos assassinos

O pastor era líder da Igreja Batista Vale de Bençãos

Sites de notícias de Fortaleza foram bombardeados na manhã de hoje com a notícia da morte do pastor evangélico Francisco Darckson Silva Lira, 53, líder de uma das mais conceituadas congregações da cidade e conhecido internacionalmente. O crime aconteceu na madrugada do dia, 25, por volta das 1h da manhã.

As informações dão conta de um crime de assalto seguido de morte; o pastor teria sido morto por dois jovens na avenida Duque de Caxias no centro de cidade com 14 golpes de faca. A localidade onde o crime teria acontecido é conhecida pela grande concentração de garotos de programas e travestis. 

Porém um nova informação publicada pelo blog "Camocim Polícia 24HS" explica melhor as supostas motivações do crime. De acordo com o blog, os suspeitos do crime, Saturnino Araújo Angelim, 19 e Ronaltty Ferreira da Silva, 21 mantinham um envolvimento com o pastor, que é casado e pai de dois filhos.

Saturnino, a esquerda, afirmou ter um caso com o pastor, já Ronallty, de azul, também seria um velho conhecido do líder religioso

Os dois acusados teriam informado ao delegado Romério Almeida, responsável pela investigação do caso, que além da ajuda um deles mantinha um relacionamento com o pastor: "O pastor tinha amizade com esses rapazes. Por volta da meia-noite, eles marcaram um encontro na Duque de Caxias e o pastor ficou aguardando eles chegarem. E logo em seguida, o pastor foi esfaqueado várias vezes, morto e jogado fora do carro. O "Lorinho' [Saturnino] disse que já tinha amizade e mantinha encontros íntimos com o pastor. E queremos avançar nesses aspectos para sabermos o que realmente originou essa ação. Um relacionamento homossexual. Ele falou que teve um relacionamento e nós vamos continuar as investigações", afirmou o delegado.

Os acusados teriam apresentado ainda uma versão de que um terceira pessoa teria abordado o carro no momento em que eles estavam no veículo com o pastor. Esse terceiro indivíduo teria sido o responsável pela morte do líder religioso. Essa versão é contestada, já que os dois jovens fugiram com o carro e cerca de uma depois teriam chocado o veículo num poste.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.