"O viadinho vai morrer": mais uma morte por homofobia no Brasil


Julio César da Silva, 23 anos, foi encontrado morto na manhã da última sexta-feira, 02 de janeiro em Astolfo Dutra, Zona da Mata, em Minas Gerais.
As informações são de que o jovem, que é bissexual, pilotava uma motocicleta, quando foi perseguido por cerca de 2 km por um dupla numa moto gritava "o viadinho vai morrer".

Julio teria pedido ajuda aos moradores e pedido que chamassem a polícia, mas infelizmente os pedidos não foram atendidos. "Já era bem tarde da noite, umas 23h da quinta-feira, quando escutei a gritaria. Eles passaram muito rápido aqui e o Júlio chegou a gritar o nome de uma amiga dele da rua. Pedia para chamar a polícia, porque ele ia ser morto. Parecia até uma brincadeira, mas como também houve tiroteio, todo mundo da rua se assustou. A cidade é pequena e está todo mundo espantado", contou um morador da cidade, de 43 anos, que pediu para não ser identificado" informou um morador que não quis se identificar em declaração ao Jornal O Tempo.

Segundo um dos primos da vítima ainda não há a certeza se o crime foi motivado por homofobia, mas as ameaças que o jovem ouviu antes de morrer deixam clara essa possibilidade. Ele não tinha declarado sua bissexualidade para toda a família, e eu e alguns primos mais próximos já sabíamos. Mas não posso afirmar que o ocorrido tenha a ver com isso. Estamos todos muito impactados ainda. Sei que ele era um cara tranquilo e que não tinha rixa com ninguém”, afirmou Deleon Silva, primo de Júlio.

Esse é o quarto caso de morte por homofobia registrado durante os primeiros dias de 2015. Somente no dia 01 de janeiro outros três casos foram noticiados, onde há a suspeita de motivações homofóbicas. Em Mato Grosso do Sul, Wagner Araújo de 21 anos foi assassinados a facadas na localidade de  Caarapó. Ainda em Mato Grosso do Sul uma travesti foi morta a facadas num posto da BR-163 e em Minas Gerais, Flávio Augusto, 41 anos foi morto após se envolver em uma briga, a vítima teria sido chamado de "viadinho", o que deu início as agressões.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.