O que aconteceu com os gays da novela "Império"? Todos perderam o tesão?


Enrico (Joaquim Lopes) segue sendo homofóbico e praticando o ódio que o fez romper com seu pai, Claudio Bolgari (José Mayer), ao saber que ele tinha um caso extraconjugal com Leonardo (Klebber Toledo).

Em uma cena que ainda vai para o ar, segundo conta a coluna de Regina Rito, Enrico vai ser cantado por um gay no vestiário da academia do hotel onde está hospedado desde que deixou a casa dos pais e também levou um pé na bunda da noiva, Maria Clara (Andrea Horta), por conta de sua postura intolerante.

A colunista antecipa a cena: Enrico está tomando banho e é supreendido por Felipe (Laércio Fonseca), o ex-funcionário do restaurante que a seu mando plantou camarão vencido na cozinha para tentar fechar o estabelecimento. Enrico se cobre com a toalha e fica furioso: “Que ousadia é essa? Vaza daqui.”


Felipe afirma: “Só saio depois que o senhor acertar as contas comigo. Prometeu que ia me promover e perdi o emprego.” Felipe diz que está disposto a renegociar as condições no acordo deles. Enrico: “Que condições?” Felipe arranca a toalha do chef e diz: “Essa!” Enrico reage: “Eu entendi bem a sua proposta, Felipe? Você... Você tá querendo... Seu porco, nojento, veadinho pegajoso!”

Então é isso, Aguinaldo Silva? Você descobriu a cura gay em horário nobre? O que sobrou da atividade homossexual na novela foi um gay chantagista e um homofóbico? Porque, veja bem, caro autor da novela: Claudio Bolgari se separou de Leonardo (por que mesmo? Já que a mulher dele, Beatriz (Suzy Rêgo), era sua cúmplice no esquema) e não voltou atrás.

Leonardo, o jovem amante de Claudio, teve uma recaída hetero e uma noite de amor com Amanda (Adriana Birolli), que virou melhor amiga.

Téo Pereira (Paulo Betti), que exercia seu voyeurismo pagando para o lindo Robertão (Rômulo Arantes Jr.) fazer strip-teases particulares para ele, também abandonou a prática. Xana Summers (Aylton Graça), a transexual de Santa Teresa, fica num vai-não-vai com a manicure Naná (Viviane Araújo). Xana tem ciúmes da amiga, dorme de conchinha, mas não quer se casar com ela. 


Não estava na hora de Leonardo arrumar um namorado e deixar Claudio desesperado? Ou de Claudio exagerar na bebida e ligar de madrugada para Leonardo? (Quem nunca?) Ou de Téo ter um chilique de amor reprimido e se declarar para Claudio? Ou do jornalista arrumar um garotão oportunista qualquer disposto a tudo para ficar famoso? Ou de Naná arrumar outro namorado e obrigar Xana a tomar uma decisão? 

Um pouco de ação sexual nessa novela, por favor! Senão a conclusão a que o público pode chegar é de que os gays estão aí para ser chantagistas, maldosos, fofoqueiros, caricatos e travestis frustradas que se apegam a mulheres apenas para ter acesso à feminilidade que gostariam que fossem delas.

Texto: Ana Ribeiro
Via: iGay
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.