EUA: Goleiro do time de futebol sai do armário em seu baile de formatura



Imagina que você é enrustido, apenas poucos amigos sabem da sua sexualidade, e enfim, no seu baile de formatura minha filha resolve sair do armário, descer as escadas ao som de "Born This Way" e lá embaixo seu namorado te espera, e te recebe com um lindo e romântico beijo alí na frente de todos. 

Essa história linda, na verdade aconteceu, porém com algumas diferenças. Michael Martin de 18 anos, morador de West Virginia, nos Estados Unidos escolheu o seu baile de formatura para fazer seu "outing". O moço que é o goleiro do time de futebol da escola, dançou "Remember When", do cantor Alan Jackson, com o seu namorado Jem, na frente de todos. As reações foram as mais diversas. 

“Era algo que eu nunca pensei que eu ia fazer, dançar uma música lenta com o rei do baile em sua escola” afirmou Michael em uma declaração para o site "Outsports". “Senti que alguns caras estavam olhando para mim de uma forma diferente. Meus amigos ainda me contaram que algumas pessoas estavam falando de mim de uma forma negativa em diferentes classes. Ouvir dizer que alguém falou que eu ‘era um viado agora’. Mas meus amigos corajosamente me apoiaram e eu estou tão orgulhoso de chamá-los amigos”, contou o moço.

Michael e seu namorado Jem // Foto: Andrew Martin

Sobre o preconceito por parte dos colegas de time, Michael contou que ainda não sofreu nenhum tipo de violência desse tipo vindo dos colegas do futebol, e reforçou seu apoio para que outros jovens criem coragem para sair do armário. “Espero que a minha performance como atleta e minha história ajude a inspirar outros adolescentes gays para mostrarem suas verdadeiras cores e que não tenham medo de jogar o esporte que amam”, acrescenta.

Parabéns para Michael pela coragem e Jem pelo apoio. Eu fico lendo essas notícias fofas, lindas e cheias de amor e a minha reação é sempre a mesma: essa do gif.


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.