Pastor Drag causa polêmica após participação do programa de Danilo Gentili


Para quem perdeu e não assistiu, olha só o que estamos postando aqui, o programa "The Noite" do Danilo Gentili com a participação do Pastor Drag Marcos Lord, isso mesmo little gay, eu disse "Pastor Drag Marcos Lord".
O líder religioso e abertamente gay, drag queen, e integrante da Igreja da Comunidade Metropolitana, uma conhecida igreja inclusiva. “Conheci [a igreja] em 2008, quando eu estava afastado por ter assumido homossexual. Comecei na Restauração, Batista, Deus é Amor até chegar na Assembleia. Hoje atuo como pastor na Comunidade”, disse o pastor devidamente montado.

“Eu não escolhi ser pastor e a igreja me elegeu para isso. Eu já era drag queen e eu nunca imaginava [que seria eleito]. A igreja abraçou a plenitude da minha personalidade. Na igreja, normalmente, estou de pastor Marcos Lord. Mas já preguei de Luanda”, disse.


Claro que o vídeo gerou muita, mas muita polêmica.
O que teve de "crente" liberando os mais podres insultos contra o pastor, vocês não tem ideia.
Inclusive separei alguns desses "comentários" feitos no vídeo e  vou colar aqui pra vocês terem uma ideia:

Lex Aleksandre: Simplesmente ridícula um tipo de pessoa como essa. Se deseja ser o que é porquê envolver religião?

Ezequiel Silva: Que Pastor que nada  esse ai é um falso profeta..O cara zomba da palavra de Deus,que Deus tenha piedade desse ser humano, ele têm legiões de demônios no corpo certeza absoluta...

Magno Villas: Esse "pastor" traveco nem tem uma pomba-gira no lombo, ele tem o pombal inteiro...déspota endemoniado e deturpador do Evangelho! #TenhoNojo  

Agora um vídeo mágico com a minha opinião a respeito desses crentes invadindo as redes sociais pra comentar merda em tudo que é publicação relacionada as gays:


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.