Pastor afirma que evangélicos ficaram burros e que igreja está cheia de gays


Já nem vou mais explicar a falta de atualizações do blog certo? Mas fica o recado para quem não está curtindo: a internet é um mundo de possibilidades bilú!
E por favor, podem falar mal do blog, mas não de mim, e se quiser ter esse direito, crie um blog, seja melhor do que o meu e pronto, você já tem "licença poética" para me xingar. 

Sobre o post de hoje, faço questão de divulgar por dois motivos básicos: primeiro, nunca ouvi tantas verdades juntas sobre os evangélicos, e também pelo fato de ter passado minha infância e adolescência dentro de uma igreja evangélica, aprendendo e agindo como eles, e ainda hoje carrego o fardo de ser o filho do pastor, ou seja, tem muito de mim nisso.

Na edição da última segunda, 23, o programa do SBT "The Noite" apresentando pelo Danilo Gentili trouxe ao palco o pastor evangélico Caio Fábio, com que eu já sou familiarizado desde a adolescência, e de tanto ouvir meu pai falar horrores sobre ele, nunca pude esquecer. Diferente da grande maioria dos evangélicos que conhecemos, Caio tem um visão diferente sobre cristianismo, bíblia e muita coisa, inclusive homossexualidade.

Em 5 minutos de entrevista Caio afirma que os evangélicos "ficaram burros", uma coisa que pessoalmente concordo sem pestanejar, basta observar o que eles falam, pensam e pregam, claro, tudo isso graça a essa lavagem cerebral feita por "líderes" que usam o cristianismo como trampolim para o poder e riqueza.

Quando questionado o que Jesus faria com os gays caso voltasse à Terra hoje?! Caio respondeu categoricamente "Nada" [...] “Essa aí é uma pauta moral, ideológica, é uma pauta da fragilidade da religião que introjeta culpa nas pessoas e exacerba o maior movimento de compulsão psicológica justamente para aquilo que eles proíbem”, completou Caio.

Agora vamos a uma verdade pura e suprema sobre as igrejas evangélicas e os gays. Eu sou um ex-evangélico que saiu da igreja e se assumiu gay, e com certeza você deve conhecer alguém assim, ou pode até ser mais. Aliás, há tantos assim como eu. 

E foi sobre isso que Caio comentou: “Você pegue uma estatística e vá ver onde proporcionalmente nesse país existe a maior eclosão de compulsão gay. Nada alcança o movimento evangélico”. Danilo pegou a deixa e fez aquela pergunta mágica; “Tem muito veado lá?”. “Claro! Uma sociedade que só introjeta pecado vai produzir só tarados! Não tem jeito dos evangélicos melhorarem enquanto eles piorarem o mundo para todos”, finalizou o pastor.


Claro que esse é o tipo de vídeo que você precisa mostrar para a sua tia crente, sua mãe evangélica roxa ou algo parecido, mesmo sabendo que a lavagem cerebral é profunda, e que eles não vão assistir até o final, até por que a verdade dói, ou caso contrário vão usar a desculpa de sempre, dizendo que fulano está "endemoniado".
Evangélicos; melhorem!
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.