18% dos usuários do Grindr ainda estão no armário


Alguns chamam de aplicativos de pegação, outros só enxergam um mural de peitos, bundas, e corpos masculinos quase sempre sem cabeça.
Desde que foi lançado em 2009, o Grindr reúne mais de 1,4 milhões de usuários, e na maioria deles homens, que querem apenas um sexo gostoso. Pensando em conhecer melhor o seu público, eles resolveram fazer uma enquete com um parte dos seus usuários, e o resultado disso foram dados até então já esperado,s e algumas surpresas.

Não é de se espantar que em terra de "não sou, nem curto afeminados" ou "só curto no sigilo" haja tanto gay encubado. De acordo com a pesquisa, 18% dos usuários do Grindr ainda vivem em Nárnia [no armário] e o pior de tudo isso é saber que 6% deles nunca sairão de lá. A pesquisa revelou também que os gays estão se assumindo cada vez mais cedo, boa parte deles ainda na adolescência. 

A maioria dos jovens se assume primeiramente para os amigos e família, mas a grande maioria dos gays economicamente ativos ainda prefere não se assumir no ambiente de trabalho. Já os encubados, em sua maioria, não saem do armário com medo de sofrerem descriminação.
Agora uma informação boca.de.se.fuder: 53% dos entrevistados, já tiveram alguma relação sexual com mulheres [MOOOOOOOORTA!].

AGORA UM VÍDEO QUE RESUME TODA ESSA PESQUISA:


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.