Curta: Tunel Russo


Meia noite de sábado, domingo chegando e eu aqui morto de feliz por ter achado esse curta metragem tão "boca.de.se.fuder". Acreditem, a cada dia está ficando mais dífícil achar "curtas" bons pra indicar aqui.

"Vida de um adolescente gay" tem um título bem clichê, meio padrão de "água com açúcar" mas o curta em sí não tem nada de fraquinho. Brasileiríssimo e com quase 20 minutos de duração, juro que não consegui muitas informações sobre ele, mas parece ser da dédaca de 90 e mostra a vida de um adolescente gay e seus dramas, num enredo meio "novelístico" da época. Juro que o poderia até ser inspirado numa obra de Rubens Braga ou Jorge Amado.

O personagem principal vive o drama de um adolescente, com uma mãe louca e neurótica que acha que o filho está usando drogas por chegar em casa na madrugada e cheirando a bebida, mas o segredo que ele esconde de verdade é o romance de mais de dois anos com um homem bem mais velho.

Sem muitos "mi.mi.mis" o curta é direto e com falas hora engraçadas, hora bem realistas, como quando o moço diz que "O amor é isso né? Uma boa foda". Nudez, sexo, drogas, promiscuidade e tudo isso em apenas 20 minutos ~ eu me apaixonei por esse curta.

Aliás, assistam logo que depois a gente conversa mais:


Agora que vocês já assistiram e entenderam o meu amor por isso?
Nos comentários feitos no youtube sobre o vídeo dois mundos duelam entre sí, primeiro os que acharam o curta fodão, verdadeiro, super pesado e bom exatamente por isso, do outro aqueles que acreditaram que ele só piorou a forma como os gays são vistos na sociedade, cheio de estereótipos e blá blá blá.

Vamos pensar um pouco: o curta joga na cara e discute a relação entre o poder e o universo gay, exatamente ai entram os policiais, como forma de repressão contra a comunidade, algo bem mais comum a uns 10 ou 20 anos atrás. Sobre os comportamento e falas dos personagens homos, apenas pensem que essa forma de relação e comportamento heteronormatizada que os gays adotaram é algo bem atual, a uma década atrás nem todo gay queria ser monogâmico, casado e com um filho adotado.
Simples assim ~ agora palmas pra essa curta porque ele merece!




Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.