Beijos partiu Balada Gay Gospel. Vem gente!


Tava linda sentado no meu sofá quando recebo esse vídeo mágico, cheio e unção e no mínimo engraçado, mas juro que vou usar de todo o meu espírito de igualdade social para entender essa chibata ~ segura o peito e vem comigo.

Igrejas inclusivas já não são novidades aqui no Brasil, em Fortaleza eu conheço umas cinco já, na verdade o que chama a atenção é a mais nova empreitada da Igreja Cidade Refúgio de SP, que além de inclusiva [não condena a homossexualidade como pecado] aderiu a uma prática no mínimo "diferente": A BALADA GOSPEL!

Sim queridinhos, você é evangélico, gay e sua pastora diz que não pode ir na boate, ai o que ela fez? Inventa uma balada gospel, com muito tribal house mix bate.cabelo das músicas da Aline Barros e blá blá blá.
“A Bíblia que o heterossexual usa é a mesma Bíblia que o homoafetivo, transgênero e transexual vai utilizar. Ou seja, sexo só depois do casamento”, disse Lanna Holder, pastora da Igreja Cidade Refúgio durante a última "balada gospel" realizada pela igreja na semana passada.

OPEN BAR SANTO

O ambiente é bem parecido com o de uma balada gay comum, cheio de gay é claro, música alta, luzes, som, fumaça, aquele fuzué, porém sem o padê porque Jesus não gosta, e sem bebidas alcoólicas. Só fiquei na dúvida se "barbie" pode tirar a camisa ~ acho que não né?

A fundadora da Igreja, Pastora Lana Rolder era uma ex-membra da Assembleia de Deus, se declarava uma ex-lésbica e vivia nos templos pregando ataques contra os homossexuais ~ até que um dia ela voltou a lucidez, assumiu a sua sexualidade e fundou a igreja junto com sua esposa Rosania Rocha.

Já fica aqui o meu interesse em conhecer essa delícia de balada gospel, mas claro, só vou se tiver entrada para a área vip, que lá deve se chamar de "pedacinho do céu" [risos].

Meu beijo pra jornalista da VEJA que fez o vídeo e pra maldita que colocou essas músicas super tendenciosas de BG ~ vocês são destruidoras. Nem vou falar do depoimento do irmão gay, evangélico e casado chamado MARIO ROLA [é piada pronta né?]


 
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.