30 mentiras e eufemismos que homens gays adoram!

Tudo certo para aquele encontro incrível marcado há eternos dois dias! Você todo arrumado, com aquela calça que marca melhor a bunda e o topete que levou quase uma hora pra ficar do jeito certo. Lá vem ele, o bofão que encheu o seu WhatsApp de fotos picantes e frases de efeito e… e… Ele não era mais alto? Cadê os músculos? Ain, isso quer dizer então que ele NÃO tem 25 cm de neca?! HELP!

Todo mundo mente. Às vezes é uma mentirinha boba, tipo dizer que já está chegando quando ainda está terminando de se arrumar. Outras vezes, é algo mais sério, que pode ferir os sentimentos das pessoas, como anunciar um retorno do Destiny’s Child. Mas o fato é que todos mentimos, omitimos, ou recorremos a eufemismos para não dizer exatamente a verdade.

A cultura masculina, com suas cobranças e padrões inalcançáveis, é terreno fértil para a criação de subterfúgios, e quando juntamos homem com homem então… Senta e rebola que a lista é longa! Na coluna de hoje, conheceremos 30 mentiras e eufemismos que os gays adoram – com suas devidas “traduções”!

Valendo!



RELACIONAMENTO

1. Status: Em algum lugar entre “solteiro” e “namorando”, flutua um “é complicado” que complica tudo!

2. Procuro algo sério: Aquilo que se diz antes de justificar o sexo no primeiro encontro com um “bateu uma química muito forte”.

3. Somos apenas bons amigos: Estamos transando.

4. Estou aberto ao que pintar: Não quero saber de namoro.

5. Procuro amizade: Procuro sexo.



SEXO

6. Nunca medi: das duas, uma: ou mal dá pra ver, ou nunca mais você vai sentar!

7. Só a cabecinha:  AAII!

8. Vou devagar: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAIIIIIII!!!!!

9. Não vou aguentar/ Nunca fiz isso antes: Tá boua, bunitãn?

10. Sou virgem: Sou Libra, qual seu ascendente?



ONLINE

11. Coé, blz fera? : Nhái bunitãnn!

12. Só tenho Skype: Não, é claro que não vou te adicionar no Facebook!

13. Sou “ativo liberal”:  Hoje – só hoje – estou mais afim de dar… Não sei como!

14. Real já!: Webcam.

15. Não efeminado: #PartiuSegurarAPintaNaHoraDeConhecerOBoy



CULTURA

16. Não curto funk, mas se tocar até danço: Valesca RAINHA!! Keep calm e deixa de recalque!

17. Adoro festa Anos 80: Adoro Gretchen.

18. Prefiro os livros: Me deram os spoilers de Game of Thrones.

19. Prefiro cinema mais conceitual, de arte: Moulin Rouge.

20. Curto um som mais intimista: Já abriu a pré-venda da ARTPOP Ball?



COMPORTAMENTO

21. Malho por questão de saúde: Instagram #NoPainNoGain

22. Desculpe, tenho que olhar essa mensagem: Grindr.

23. Não ficou linda essa minha foto na praia? : Não ficou linda essa minha foto sem camisa?

24. Vou ali e já volto, tá?:  Adeus.

25. Adoro blusa justinha assim: Comprei na sessão infantil.



HOMOFOBIA

26. Sou homossexual: Viados são vocês.

27. A Parada Gay é uma micareta sem sentido: Fui e não peguei ninguém.

28. Ser gay, tudo bem. Só não precisa dar pinta e fazer escândalo: CurtoMachoMasEuSouHomem,Héin?NãoMeConfundeComEssasBichinhasAíNão,Viu? Viu?VIIIIIIIUUU? EuSouDiferente. NãoSou?DizQueEuSouDiferente,Vai,Diz,PorFavor!!!

29. Não sou homofóbico, mas… : Pre-para, que lá vem!

30. Temos que nos dar ao respeito! : Ai, ser hétero é tão lindo! Eu e meu namorado podemos nos inscrever? Diz que sim, por favor, por favor, pelamordedeus!!!

* * * * * * * * * * *

Bem, é claro que existem várias outras mentiras que contamos diariamente. Uma lista completa seria provavelmente infinita. A maioria, talvez, seja necessária para permitir a convivência pacífica entre nós, o que significa que nem sempre mentir é algo ruim. No fim das contas, vale uma daquelas “verdades universais” que já são tão clichê que viram adesivo brega da caminhão: A pior mentira é aquela que você conta para si mesmo.

Quando pensamos na comunidade gay – com todas as cores do arco-íris – fica difícil encontrar uma identidade única. Nem é preciso, na verdade. Mas se temos um denominador comum, é a nossa diferença, que nos coloca à parte independente da nossa vontade. Então eu pergunto se, num grupo assim, essa procura incessante por novas formas de excluir não seria uma farsa.

Não tínhamos saído do armário para acabar com as mentiras?

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.