20 motivos para não dar o cooh ~ segundo um blog gospel



E disse Jesus: "Ide por todo o mundo e diga para as pessoas que não é nada bom dar o cooh". Oi? Jesus não disse isso? Tá certo!
Pelo visto tem cristão preocupado de mais com as intimidades dos outros, vejamos o caso do blog teen gospel "Teens da Bleia" que na falta do que fazer listou 20 motivos para você não dar o seu coohzinho".

Cês pensam que eu tô mentindo né? Mas gente, eu juro que é verdade, tá lá o link, e que claro, já está cheio de comentários engraçadíssimos que pessoas sem noção e outras com muita noção que foram lá e discordaram ao máximo dos motivos  [assim como eu].

Sabe o melhor de tudo, além de quibarem lindamente o conteúdo do blog da irmã Cleycianne e não darem os créditos [o que é plágio] eles terminam o texto com essa heresia: "Biblicamente falando encontramos na palavra do Senhor as seguintes palavras: Sodomia/sodomitas ambas derivadas da cidade de Sodoma, onde se praticava as mais abomináveis relações sexuais aos olhos de Deus. Sodomia é algo fortemente ligado ao sexo anal. Principalmente entre homossexuais, no qual desagradam o coração de Deus."

Então, segura o peito e vem aqui ver 20 motivos para não dar o cooh:

1 - Ânus não é vagina;
2 - De onde sai feijão, não entra linguiça;
3 - Cheiro de fezes;
4 - Deus fez o ânus somente para a defecação;
5 - Os coliformes fecais podem fazer o pênis do parceiro cair;
6 - Quem dá o ânus tem cocô na cabeça;
7 - Dói;
8 - A mulher que dá o ânus está dando autorização ao encosto do homossexualismo e da prostituição em sua casa, na vida de seu marido;
9 - O ânus fica frouxo;
10 - Hemorróidas;
11 - Pode te deixar paraplégica;
12 - Não se engravida pelo ânus;
13 - Pode perfurar os seus órgãos;
14 - Não agrada o coração do Senhor;
15 - Suja o lençol;
16 - Onde mamãe passou talco, linguiça não entra;
17 - Quem tem o ânus frouxo, no céu não entra;
18 -  Estraga a mangueirinha do chuveiro;
19 - Não é natural;
20 - Sai pedaço de milho.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.