Dica de Filme: Deixe a Luz Acesa


E mais um final de semana de janeiro e com mais uma dica de filme, que como eu expliquei, no mês das férias foram intensificadas [passando de mensal para semanal, mas é só nas férias tá?!].

"Deixe a Luz Acesa" [Keep The Light On] é talvez um dos filmes e dramas mais fortes que estamos indicando aqui no blog nesse período, e acreditem, ele faz vocês verem o amor de uma forma muito, mas muito diferente.
Tudo se passa em 1997 em New York, quando o documentarista Erik Rothman (Thure Lindhardt) numa loucura entre encontro casuais e a busca por um novo amor conhece Paul Lucy (Zachary Booth), um advogado bonito, ainda não totalmente assumido, mas intensamente quando o assunto é viver.

O encontro até então casual dos dois se intensifica, e um relacionamento vai crescendo, uma vida juntos, uma casa, planos e um relacionamento entre dois homens. O filme vai tratar exatamente disso, do relacionamento dos dois entre algos e baixo, porém um agravante, nesse meio tempo eles precisam largar das drogas que foram acumulando durante a vida, e é exatamente isso que coloca em prova o amor de Erik por Paul.

Não se trata de sexo, mesmo ele estando tão presente no filme, "Deixe a Luz Acesa" fala de como são os relacionamentos atuais, suas idas e vindas, de maneira realista e honesta. Minha admiração fica para uma cena de amor que talvez seja a mais bonita e sincera que eu já ví na vida, e acreditem, quando falo de amor não quero dizer sexo ou beijos, é mais puro e verdadeiro que isso. Assistam e veja o que estou falando ~ esse sentimento tão intenso é capaz de coisas incríveis [e terríveis].

BAIXE AQUI RMVB LEGENDADO

Uploaded - Download 
Hulkfile - Download
Fileom - Download 
Torrent - Download



Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.