Dica de Filme: Clube de Geografia


Como prometido, durante todo o mês de janeiro [férias] nossa coluna de dica de filmes, que é mensal, foi turbinada sendo atualizada semanalmente [sempre no final de semana] e hoje é a última dica de filme do pacote.
Tivemos o suspense super erotizado de "Um estranho no lago", o eletrizante e apaixonante "Além da fronteira", e o revelador e profundo "Deixe a luz acessa"
Pra finalizar que tal um filme mais água com açúcar, cheio de amor e sobre aquele momento mágico [ou nem tanto assim] da descoberta sexual e do primeiro amor?
A dica de filme de hoje é o longa "Clube de Geografia" recomendação do nosso leitor Anderson de SP [quem quiser falar coma gente é só mandar paramocinhos@gmail.com].

O filme conta a história de  um adolescente que vive "no armário" e que marca um encontro com um carinha pela internet. Para sua sorte [ou não] a pessoa do outro lado da tela é  jogador do time de futebol da mesma escola que ele estuda e que também está armário.

Os dois acabam se relacionando, mas o fato é que Russel é obrigado pelo seu "novo amor" a assumir um comportamento hetero e homofobico, para esconder sua sexualidade e poderem andar juntos, sem por em risco a carreira promissora de jogador de futebol do "parceiro". Russel entre para o time de futebol também, e junto com isso o segredo do sentimento entre os dois, até que são descobertos por uma colega de sala, uma das fundadoras do "Clube de Geografia", um clube da escola que muda toda a visão de Russel sobre o que é ser gay, e sobre o amor entre dois garotos.

Baseado em um livro homônimo, é um filme adolescente típico e fofo, de autodescobrimento, interação e aceitação. O elenco é repleto de rostos conhecidos, Cameron Deane Stewart, de "A Escolha Perfeita", Meaghan Martin, a Tess de "Camp Rock", Justin Deeley, o terceiro anjo da série "Drop Dead Diva", Alex Newell, o Wade ou Unique de "Glee" e Nikki Blonsky a Tracy de "Hairspray".


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.