Um pouco mais de Miley Cyrus para vocês


Quem o nome da música pop no momento?
Há quem discorde mas Miley Cyrus conseguiu em pouquíssimo tempo o que muitas cantoras tentam fazer a anos e ainda não tiveram sucesso: mudar sua imagem e ainda assim permanecer no topo.

A gatinha já jogou a Hannah Montana pra longe, e assumiu sua personalidade "bitch" que como ela mesma disse, sempre teve mas nunca pode exercer. A questão é que com pouca ou muita coisa [isso inclui as roupas também] Miley já virou referencial [de alguma coisa que eu ainda não classifiquei como].

No último domingo, durante a premiação do EMA a amapô não fez feio, mas como era de se esperar ela teve que criar polêmicas. Depois da performance meio tosca de "We Cant Stop" e da minimalista mas emocionante apresentação do vencedor "Wrecking Ball", a gatinha subiu ao palco para receber o prêmio de melhor clipe e foi aí que começou a putaria.

A cantora recebeu o troféu das mãos do comediante Will Ferrell e tentou colocá-lo na sua bolsa Chanel. Ela brincou que não conseguiria fazer isso, mas que achou outra coisa dentro da bolsa, e então acendeu um baseado no meio do palco.



Claro que rolou fuá por causa disso, a TV americana censurou a cena ~ coisa que o canal na Europa não fez ~ e além disso a Holanda está estudando a possibilidade de multarem a cantora, já que era proibido fumar no local. 

Mas nem tudo é tão ruim assim, veja só, ontem, 12, a BBB Rádio recebeu a contora em seus estúdios e famosa pelos covers que promove, a rádio nos deu o presente da vermos/ e ouvirmos Miley cantando Summertime Sadness da Lana Del Rey.
Com uma pegada country a música ficou com outra cara, com outros ares e mesmo assim linda.
#MileySamba

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.