SexSquare: dê um check-in no boy e conte como foi



Houve um tempo em que as pessoas transavam escondido, em lugares proibidos, e mantinham a discrição. No máximo, confessavam aos melhores amigos que tinham aprontado horrores numa tal escadaria do prédio ou naquele banheiro da balada. Agora, caro leitor, o povo compartilha essas informações numa rede social chamada SexSquare.

Lançado no ano passado, o aplicativo é um geolocalizador focado no comportamento sexual dos usuários. A novidade foi inspirada no FourSquare, responsável por aqueles posts do seus amigos no Facebook… Sabe quando Fulano avisa que está no bar X e que a caipirinha de lá é maravilhosa? Ou quando Beltrano conta que fez uma corrida matinal e marca o Parque do Ibirapuera? Então, no SexSquare você pode dar check-in no boy e depois contar sobre o rala-e-rola.

Existem ícones para dizer se foi na água, no carro, no trabalho… “com amor” ou uma “rapidinha”. Outros para especificar detalhes como os brinquedos eróticos usados (vibrador, plug anal, estimulador de próstata etc) e as posições sexuais praticadas (“vaqueira asiática”, “canguru perneta”, entre outros). O app também pede para classificar a transa, numa escala que varia de péssimo a épico. É um arraso para gente com fetiche exibicionista.

Quanto mais check-ins o usuário fizer, mais medalhas ganha. Se a frequência for admirável, ele leva o título de “Sex Machine” (ou “máquina de sexo”). Você não precisa se identificar para brincar com o aplicativo. É possível fazer um cadastro simples aqui - apenas com apelido, gênero, idade, orientação sexual. Depois, basta escolher entre 18 avatares disponíveis. O SexSquare, iniciativa da Finger Tips e da Loja do Prazer, funciona só em celulares com sistema Android e pode ser baixado gratuitamente.

Via: Sexpedia
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.