Glee causando fuá no episódio “A Katy or a Gaga”



Pra você pequena guei que ainda assiste Glee, não se importe se alguem lhe julgar por isso, eu mesmo parei de assistir, mas prometo que não farei a linha podre por aqui.
Pois bem, o seriado ficou quase um mês off e ontem voltou com um episódio que com certeza vai ser motivo de traque entre fãs da Katya e da Lei.de.Gaga.

Em “A Katy or a Gaga” eles performaram alguns dos principais e mais recentes singles das duas cantoras pop's, justamente algumas semanas depois do lançamento de PRISM, novo álbum da Katy e do vazamento de ARTPOP, novo disco da Gaga.

O momento digno ~ na minha opinião ~ foi a entrada de Adam Lambert no seriado. O moço vai fazer parte da banda da Rachel (Lea Michele), do Kurt (Chris Colfer) e da Dani (Demi Lovato).
Adam performou "Marry the Night" e olha, me desculpem, mas a performance dele sambou de salto agulha na cara da Gaga ~ ficou muuuito melhor.
Bem, deixando de besteira, vamos aos vídeos.


Segurem-se Berenices, Adam veio com gosto de gás e botando pra fú... o moço deu outra cor para "Marry The Night" e olha que ele praticamente copiou as performances e trejeitos da Mother Monster, mas mesmo assim a música ficou com um estilo todo próprio na voz dele. ~ Depois disso você só consegue pensar uma coisa: O ADAM SAMBA!



Glee renovando o pacto [risos].Sam, Blaine, Artie, Ryder e Marley performando #Applause ~ ficou legal, mas faltou sal. Claro, a gente ainda consegue assistir até o final por dois motivos básicos: os looks que ficaram lindo, mágicos e identicos aos da Gaga e pelo lindo do Chord Overstreet, de peito aberto seduzindo a gente e me fazendo emanar desejo pelo poros.



Sabe aquele esquema de que "mais é menos" e as vezes "menos é mais" ~ foi exatamente isso que a outra equipe tentou dizer ao performar "Wide Awake". Jake, Kitty, Unique e Tina fizeram a música da Katya ficar melhor do que já é. Cês que concordam que a versão deles ficou melhor que a original? Destaque para Unique que gente ~ negro, gay e se monta [me identifico]


E pra fechar com chave de ouro teve essa performance mágica de #Roar, que olha, o melhor momento é mesmo os boys tudo de tanta quase mostrando o "rugido" deles. Sem mais, apenas termino essa delícia de post.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.