Harry Louis anuncia fim de namoro com estilista Marc Jacobs


Olha, eu sei que é difícil pra vocês, mas pra mim também é complicadíssimo dar esse tipo de notícia, mas tudo bem, segura as lágrimas e vamos lá.

O conto de fadas gay do mundo moderno infelizmente acabou, isso mesmo little moços, o namoro do ex-ator pornô Harry Louis com o estlilista Marc Jacobs chegou ao fim. A declaração foi feita pelo próprio Harry através de uma publicação numa rede social.

"Gostaria de ser o primeiro a dividir com vocês a noticia. Eu e Marc não estamos mais juntos como namorados. A distância e a agenda lotada atrapalharam muito e, ele é uma pessoa tão incrível, que merece um namorado que esteja, pelo menos, nas duas cidades em que vive (Nova York e Londres). Eu também estava precisando disso. Nos amamos muito e isso foi uma decisão de ambos. Todos os momentos que passamos juntos foi precioso e um novo capítulo da nossa vida começou. Ambos estamos focados no trabalho e, para aqueles que sempre nos apoiaram, por favor não fiquem tristes, a vida continua para todos nós”, escreveu Harry.

Até então a declaração parecia phina, sem nenhum rumor de confusão, traição ou qualquer outro coisa maléfica que sempre ronda um relacionamento gay, até o moço publicar essa segunda parte aqui: 
“E para aqueles que estavam rezando para este momento chegar aí está: Harry Louis e Marc Jacobs não são mais um casal", afirmou o mineiro.

Fica difícil acreditar que o Harry ia deixar de lado um homem riquíssimo com o Jacobs só por causa da distancia né gente? Avião está ai pra isso,e claro que o Jacobs não iria perder uma boy delícia e necudo como o Harry também.

Enquanto isso eu vou ficar aqui sentado esperando as teorias conspiratórias. Mentira? Traição? Dinheiro? Marketing? Macumba? 
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.