Em documentário gringo Bolsonaro afirma que brasileiros não gostam de homossexuais



O comediante Stephen Fry se chocou com as opiniões do deputado federal Jair Bolsonaro sobre a causa gay no Brasil. O inglês, responsável pela produção do documentário “Out there”, sobre o avanço da homofobia no mundo, atualmente em exibição na BBC, no Reino Unido, entrevistou o político para o filme e descreveu o momento como ‘um dos mais estranhos e sinistros encontros que já teve na vida’.

Em um teaser do documentário, divulgado na internet, o deputado afirma: “Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay” e “Nós, brasileiros, não gostamos dos homossexuais”. Ele atribui ainda as agressões aos homoafetivos no Brasil ao uso de drogas e à prostituição. O político destaca que também está pensando em organizar uma passeata do orgulho hétero, mas que não convidaria seu entrevistador.

Fry, que é gay assumido, chegou a tentar o suicídio durante as filmagens. Sobre o encontro com o político, ele comentou: “Bolsonaro é o típico homofóbico, que eu encontrei pelo mundo, com seu mantra de que os gays querem dominar a sociedade, recrutar crianças ou abusar delas. Mesmo num país progressistas como o Brasil, suas mentiras criam histeria entre os ignorantes, dos quais violência pode surgir”.


No documentário, Fry mostra como os crimes de homofobia estão se expandindo em todo o planeta. O Brasil é apontado ao lado de Uganda e Rússia como um dos países nos quais políticos e líderes religiosos mais perseguem os homossexuais. Para ilustrar o fato, a equipe de produção do filme veio até o Rio de Janeiro para gravar uma entrevista com Jair Bolsonaro, que mais uma vez causou polêmica com suas opiniões sobre os homossexuais.

O inglês aproveitou a vinda ao país para conversar também com Angélica Ivo, mãe de Alexadre Ivo, de 14 anos, que foi assassinado em 2010, por skinheads, em São Gonçalo. Para ela, o comportamento do filho, levou ao ataque que o levou à morte.

O documentário “Out There” ainda não tem data de divulgação no Brasil.

Via: EXTRA
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.