Mara Maravilha defende Feliciânus e chama gays de "aberração"


Mara Maravilha esteve no programa Morning Show, da Rede TV!, na manhã desta segunda-feira (24), e defendeu o pastor e deputado federal Marco Feliciano, autor do projeto. "Muitos pensam igual ao pastor Feliciano. Eu, particularmente, gosto muito do pastor Marco Feliciano e o respeito muito. E, assim como ele, eu e todos nós podemos ter as nossas opiniões. Você tem que respeitar o gay e tem que respeitar também a opinião de quem não pensa como o gay", disse a cantora, que é evangélica.

"Têm muitos pais, muitas mães, muitas pessoas que não concordam com essa aberração. Eu não acho bonito nem um homem e uma mulher ficarem se atracando, esse tipo de coisa é particular. Imaginem duas mulheres, dois homens, em público? Eu não acho bonito. Agora, se acontecer de eu presenciar uma cena destas, se estiver me incomodando, eu não vou fazer baixaria, eu me retiro",afirmou. 

"Eu conheço muitos homossexuais que querem a cura, que queriam viver livre disso. Mas, isso é de cada um. Essa discussão tem um outro lado também. Nós, que não concordamos com muitos comportamentos, estamos sendo vítimas de preconceito. Eu não concordo com essa aberração. Eu não estou falando de forma generalizada. Estou falando dessas pessoas que pensam em dar um beijo na boca da companheira, porque vai se promover com essa causa."

Na tarde desta segunda-feira, 24, Mara disse, no twitter, que foi mal interpretada. "Gente estão me interpretando mal será que neste pais onde os homossexuais pedem liberdade de expressão nós heteros não o podemos ter?", questionou. Em uma outra publicação, ela escreveu: "O justo não se justifica, não faço acepção de pessoas... #vaitudobem". 

 Fonte: Globo
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.