Suicídio: Jovem gay se joga de torre em Rondônia após ser rejeitado por família evangélica


Na última sexta (19), o jovem Saulo de Assis Lima, de 23 anos, se jogou do alto de uma torre de telefonia do bairro Liberdade, na cidade de Porto Velho. O jovem ficou por cerca de nove horas no alto da torre ameaçando se jogar. Mais de cinco caminhões do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local para tentar resgatá-lo. Em vão. Às 16h o jovem se desvencilhou de um dos bombeiros que tentava salvá-lo e se atirou da torre. 
Após a queda de 70 metros de altura, Saulo morreu na hora. "Trabalhamos com todo o nosso aparato para cumprir nossa missão que é de resguardar vidas", afirmou o Coronel Caetano, comandante do corpo de bombeiros. 

Momentos depois da morte de Saulo, Victoria Angelo Bacon, ex-professora do jovem, postou um texto no Facebook esclarecendo os motivos poderiam ter levado o rapaz a cometer suicídio. 
"Esse rapaz que se matou, Saulo, foi meu aluno aos 15 anos em 2005, que saudades, aluno simples, quieto, porém sempre perguntava a mim por que eu era tão grandona? A família dele o expulsou de casa por ser aidético e por ter sido homossexual...Certa vez na estrada de ferro Madeira Mamoré ele me disse (2012) que estava cansado de viver e que pedia todos os dias para que deus o levasse...A família dele evangélica não aceitou sua vida digo rotina e virou as costas para ele...Quem o ajudava era uma amiga que depois foi embora para Calama, algo assim, que consegui coletar...Descanse em paz Saulo...", escreveu a professora. 

Abaixo você confere o vídeo do momento do suicídio. 
As imagens são fortes.

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.