Joelma compara gays a drogados e diz ser contra casamento homossexual


Misture uma voz potente a um bate-cabelo inconfundível: isso é Joelma, o furacão louro por trás da banda Calypso, formada há 14 anos com o marido, o guitarrista Chimbinha. Em 2013, os planos estão a toda: eles preparam um CD em espanhol, outro de música gospel, um DVD acústico e o longa ‘Isso é Calypso — o Filme’, com gravações em maio, no Pará e no Rio de Janeiro.

De segunda a quarta, ela diz que reserva os dias para malhar e rezar. Há quatro anos, converteu-se à religião evangélica, depois que sofreu uma estafa. “Maltratei meu organismo porque trabalhava todos os dias da semana e tive um piripaque, uma alergia crônica que quase me sufocou. Deus salvou minha vida”.

Ela afirma que as roupas e atitudes sexy não destoam da fé. “Uso aquelas roupas curtas e rebolo, mas, quando falo de Deus, todo mundo entende”. Indagada sobre a legião de fãs gays, sai do tom. “Tenho muitos fãs gays, mas a Bíblia diz que o casamento gay não é correto e sou contra”. Acrescenta que, se tivesse um filho nessa situação, “lutaria até a morte para fazer sua conversão”. “Já vi muitos se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”.


Essa não é a primeira vez que a Joelma abre sua linda e ungida boca pra falar besteira. Em agosto do ano passado caiu na web um vídeo onde a gatan aconselha um dos seus fãns a deixar de ser gay.
A repercussão foi grande, muita gente metendo o pau na Joelminha, que naquele caso eu achei desnecessário, já nesse último: comparar gay com drogado foi realmente uma das maiores merdas que ela conseguiu fazer.

E nem adianta dizer que não é homofóbica, nem preconceituosa, só porque é cheia de amigo gay e convive muito bem com eles. Eu mesmo sou gay, tenho amigos gays e ainda assim sou preconceituoso. A diferença é que guardo meu preconceito comigo e não saio rasgando isso pra meio mundo ouvir e nem ando ofendendo os outros.

Palmas para a ignorância da Joelma que dessa vez foi longe.


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.