Cardeal que era contra Gays, renúncia por estar envolvido em Escândalo Sexual Gay


Ex-chefe máximo da Igreja Católica da Escócia, o cardeal Keith O'Brien, pediu demissão de seu cargo e acabou admitindo neste domingo (3), em comunicado, que teve "conduta sexual imprópria". O jornal The Observer publicou na semana passada uma série de denúncias de três padres e um ex-padre que revelaram as tais condutas sexuais do cardeal acontecidas há 33 anos dirigidas a eles.

"Por vezes, minha conduta sexual caiu para patamares inferiores aos que se esperavam de mim como sacerdote, arcebispo e cardeal", disse O'Brien em comunicado divulgado pela Igreja Católica da Escócia.

O cardeal ficou conhecido, entre outras coisas, por ser forte opositor do casamento gay e da adoção de crianças por casais homossexuais e as denúncias de seu histórico homossexual causou revolta nos grupos ativistas britânicos que já haviam, inclusive, classificado o cardeal como “hipócrita do ano”.

O cardeal O'Brien, 74 anos, negou inicialmente as acusações dos quatro homens que afirmaram, entre outras coisas, que O'Brien aproveitava as orações noturnas para ter contatos impróprios com eles.

O'Brien declarou recentemente que o casamento entre pessoas do mesmo sexo "seria prejudicial para o bem-estar físico, mental e espiritual dos contraentes".

Via: Bananas Is My Busines 


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.