Terapeuta que 'curava gays' é condenado por molestar homens


O médico-terapeuta Aubrey Levin, de 74 anos, foi condenado, na semana passada, a cinco anos de prisão por ter molestado três homens. Levin dizia que podia ‘curar’ a homossexualidade.

Em sua sentença, a juíza Donna Shelley, da Corte Superior do Canadá, disse que “(os pacientes) vieram para lhe pedir ajuda aos seus problemas. Em vez disso, você acrescentou mais problemas.”

“Dr. Levin, sabendo das muitas vulnerabilidades dessas vítimas, empregou uma estratégia que lhe daria a oportunidade de abusar sexualmente de seus pacientes”, acrescentou.

Levin foi acusado por crimes contra nove homens, mas o júri o absolveu de duas dessas acusações e foi incapaz de chegar a um veredito sobre as outras quatro vítimas.

O médico perdeu sua licença em 2010, após um ex-paciente ir à Justiça com imagens gravadas secretamente. No vídeo, Levin aparece abrindo o cinto e o jeans de um homem e depois acariciando o órgão da vítima.


ESSE POST MERECE O SELO ~ 


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.