Beyoncé e o Super Bowl ~ foi válido?


Cês achavam mesmo que eu não ia comentar a apresentação da Negroncé aqui no blog? Bem, na verdade eu não ia mesmo não, outra gay iria editar esse post por mim, mas como a imunda me deu o "doce", cá estou, com muito amor e sinceridade ~ e isso, a gente vê por aqui.

Não por acaso, a diva do black foi escolhida para se apresentar no intervalo mais caro da TV americana, Beyoncé era a garota propaganda da Pepsi, que é um dos maiores anunciantes do Super Bowl.
Mesmo depois da polêmica envolvendo o hino nacional e o playback, a gatinha fez o que ela sabe fazer de melhor: cantar e dançar, mas que pena que para o Super Bowl, isso não foi o suficiente.



A apresentação já começou com muitas pessoas feias correndo e gritando no gramando, e eu jurando que aquilo era o "Criança Esperança", mas dai a câmera abre e você vê aquele palco estranho, com dois rostos desenhados ~ W.T.F?
Era claro que as duas faces era Queen B e seu alter.ego Sasha Fierce [o lado quenga da gatan], que dizem, deve tomar conta do corpo da Bey nos próximos tempos, já que seu novo cd será possuído de safadeza, bem Sasha mesmo.

Tudo começa com os hits mais bombantes da carreira da Bey,“Crazy in Love” foi o primeiro, e de cara deu pra ver que a diva estava com gosto naquela noite, muito vigor, muito abuso e muito poder caralheon, ai teve “End of Time” e seu tamborzão, para depois subir aquela delícia de telão, idêntico a ideia do Billboard Awards e começar a apresentação de “Baby Boy”.



Todas gritando nesse momento ~

Estava tudo lindo, tudo mágico, dai sirenes tocam e... pooota.que.pariun, ela vai cantar “Bootylicious”, tomara que a Kelly e a Michele venham ² e de repente pow, brota do chão Kelly diva e Michele Sibite Baleado [gente, ela tá só o papelão] toda trabalhada no carão e xecando na cara da sua melhor amiga travesti.Depois rolou "Independent Women" que ficou perfeito, com as gatinhas conversando com o Charlie e eu me acabando de gritar no sofá.



Pra fechar a participação daz.amigues teve as Destiny's Child cantando e dançando "Single Ladies" [épico] depois Beyoncé mandou meio mundo ir cagar, recebeu umas sete pomba-giras ficou só no palco, fechando com "Halo", umas azas cafonas cobrindo o chão e gata morrendo de gritar e mostrando pra todo mundo que sim ~ ela sabe cantar a vivo.

Então a apresentação foi boa? Não, a apresentação não, mas a Beyoncé foi perfeita.
Faltou um palco fodão, algo inovador, senti falta da cereja do bolo, mesmo já tendo me lambuzado todo com a cobertura. Entenderam? 
Foi isso.


 ~ PLUS ~ 

Depois da apresentação do Super Bowl, Beyoncé foi anunciada como atração do Rock in Rio 2013 que rola esse ano aqui no Brasil. 
Teve mais: a negra avisou que vai ter turnê nova [enquanto o single não chega]. Intitulada "The Mrs. Carter World Tour" a turnê da moça teve um vídeo promocional dirigido pelo fodão Jonas Åkerlund, que também dirigiu "Telephone" da Gaga. 
As datas dos show vocês conferem aqui.


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.