10 Coisas que ele pensa quando você esta dentro dele


Depois de séculos após ter postado a delícia que foi o “10 Coisas que ele pensa quando está dentro de você”, resolvi inverter os lados e para isso tomei algumas doses de montilla com coca e limão, tomei coragem e saí entrevistando dezenas de gays passivas e perguntando o que elas pensam na hora do sequiçu. O resultado acabou saindo como um manual para os super colegas ativões, mas que com certeza todo mundo vai aprender ou se identificar. Então vem comigo, pega a caderneta e vai anotando.

1° O CHEQUE: Na verdade um dos os grandes medos do sexo pra quem é passivo começa antes mesmo da penetração em si. Para quem vai receber; estar com a “chuca” em dias é algo mais que essencial. Passar um cheque é uma degradante social para um gay, e pode levar a estaca zero, o melhor sexo da sua vida. Esse medo ele sempre vai ter, mas cabe a você reagir da maneira mais natural e ser o mais compreensivo possível, se isso acontecer.

2° LUBRIFICOU: Ainda nem rolou o “babado” em si, e tem outro medo bem latente na cabeça do moço, e ele se chama lubrificação. Eles sempre se preocupam se estão verdadeiramente lubrificados, e uma cuspidinha não é o suficiente. Se a sua intenção é dar prazer e não dor, certifique que o seu parceiro esta bem lubrificado, não precisa ter pena do gel. Pode ter certeza, quanto mais lubrificado estiver, melhor será para você e para ele.

3° EU PRECISO RELAXAR: Cês sabiam que o ânus não foi feito para receber nada, e sim apenas para expelir? Não vou entrar em detalhes técnicos ou fisiológicos, mas estar devidamente relaxado é o passo principal para um sexo bem gostoso. Não se admire se o moço começar a respirar compassado, fechar os olhos ou algo assim, eles esta apenas tentando relaxar para receber o seu “brinquedinho” sem dor alguma. Outra coisa bacana, deixe que ele inicie a penetração. Isso mesmo, nada de sair metendo, ajude o parceiro a encontrar o encaixe, assim ele controla a penetração e a dor pode ser inexistente, já o prazer... ah meu amor, não queira nem saber.

4° PASSOU A CABECINHA: É serio isso, ouvia umas historias de que depois que passa a “cabecinha” o resto entra fácil, e sim, isso é a mais pura verdade. - Pau não tem ombro meu amor [parafraseando uma gata que entrevistei]. Mas isso não significa que você deva exagerar. Tenha calma, deixa ele continuar no comando. Entrou? Bacana, agora deixa repousando um pouco lá dentro, que é pra reconhecer terreno, e depois pode ir de leve. Eles costumam preferir assim. Depois disso, seu parceiro já vai estar bem mais relaxado, então... boua sortchi.

5° EITA KARALHO: Essa parte eu nem devia comentar, mas costuma ser quando a coisa tá boa sabe? Gemendo loucamente, muito tesão e blá blá blá. Bem, vamos pular esse trecho.



6° SERÁ QUE ELE VAI MUDAR DE POSIÇÃO: Para quem é ativo mudar de posição pode ser algo bem simples e natural, mas para os passivos a coisa tem um pouco mais de complicação. Esse processo de tirar e colocar pode ser um pouco incomodo para quem é passivo, e as vezes na troca de posição isso acontece. Evite esse tipo de coisa, e se vai mudar a posição, seja sutíl, avise antes. Isso pode ser feito de várias formas, caso você não queira cortar o clima dizendo “vou mudar de posição”. Vá guiando o parceiro, puxe o corpo dele, indique o que quer fazer, mas repito, evitem tirar o pênis de dentro. Seu companheiro agradece.

7° É ISSO, MAS SÓ QUE NÃO: Nem sempre quando um passivo diz algo como “mete todo vai” ou “fode com mais força” ele esta realmente querendo dizer isso. Na hora do tesão é comum falar isso meio que por força do momento, o cara está cheio de tesão e só falou por falar, e pode até acontecer de que seguindo o “pedido” ao pé da letra você acabe machucando o companheiro, mas nisso só vocês podem se entender. 

8° GOZA LOGO: Isso não deveria acontecer, mas acontece, um fica se preocupando se o outro vai gozar ou não, acaba que a transa fica cansativa, monotnona e ninguem chega a lugar algum. Sentiu tesão, acha que vai gozar, pois então goze. Vocês não tem ideia de quantos passivos adoram ver seu parceiro gozando. Rola um sentimento de missão cumprida sabe? Mas olha, depois que chegar ao climax ajude o carinha a chegar lá também ~ não seja egoísta.



9° TIRA DEVAGAR: Se pudessemos definir desconforto em um momento, ele seria naquela hora quando depois que você gozou, o pinto amoleceu e chegou a hora de tirar a neca de dentro. Gente, isso é terrível. O essencial é avisar, esperar o parceiro relaxar e só então tirar, e please, façam isso com cuidado.

10° ACABOU: Depois que já rolou tudinho, a única coisa que passa na cabeça do passivo é o sentimento de que missão devidamente realizada. Rola um medinho se sujou ou não, se o cara curtiu ou não, e se do nada não vai começar a escorrer lubrificante pela perna dele [isso acontece com alguns] mas o importante é relaxar. Deitar do lado do parceiro, fazer carinho e conversar besteira [tem gente que adora bater um papinho depois do sexo].
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.