Aslam é eliminado do BBB12: foi homofobia?


Depois da eliminação de Aslam, o gay assumido da 13° edição do Big Brother Brasil, na ultima terça, 29 de Janeiro, muito se especulou sobre o motivo que levou o brother a deixar a casa tão cedo e com um índice de reprovação tão alto (ele foi eliminado com 79% dos votos)

A primeira hipótese levantada foi a de homofobia, como já era de se esperar, mas sinceramente, acho que isso não passa de um "coitadismo. Nem tudo que vá de frente a alguém que seja gay é motivado por homofobia. Já chega de tornar essa palavra um bruxa que persegue os gays até pelo respirar.

Não quero negar que o Brasil ainda é um país homofóbico, mas pelo amor de Deus, quantos e quantos gays já passaram pelo reality?

Não seria agora que o país iría torcer o nariz por causa de um homossexual. Desde os mais eufóricos, como Dicesar e Serginho, e os mais politizados como o deputado federal do PSOL Jean Wyllys [que é motivo de orgulho para a comunidade gay].

O próprio Aslam comentou que pelo menos dentro da casa não sofreu preconceito algum: “Gostaria que o Brasil fosse como a casa do ‘BBB’. Não senti nenhuma demonstração de homofobia de nenhum participante.” comentou o ex-participante.

Agora perdendo um pouco da seriedade; acho que descobri o motivo dessa eliminação tão avassaladora. Aslam foi mexer com a intocada. O cara falou mal da Lady Gaga dentro da casa, dai já viu, dezenas de little monsters fizeram campanha para retirar o moço da casa ~ expliquei. 


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.